Santuario Hogar

Posted On 2022-10-01 In Vida em Aliança

O primeiro grupo da Liga Apostólica Feminina conquistou o Santuário-Lar

COSTA RICA, Martha Herrera •

Na sexta-feira, 23 de Setembro de 2022, um novo e histórico momento foi vivido em Schoenstatt Costa Rica, porque com grande orgulho e alegria, o nosso primeiro grupo da Liga Apostólica Feminina conseguiu a conquista do seu Santuário-Lar. —

Foi um processo muito emotivo, de grande aprendizagem, onde houve uma oportunidade de partilhar experiências de vida entre os membros e as suas respectivas famílias. Isto ajudou a visualizar o que cada um delas esperava e/ou desejava do seu Santuário-Lar. Isto também foi reforçado pela valiosa oportunidade que as famílias, tanto do Ramo das Mães, como do Ramo dos Casais, nos deram ao abrirem amavelmente as portas das suas casas e dos seus Santuários-Lar, mas mais do que “permitir-nos entrar” foi a partilha das suas maravilhosas experiências vividas com os membros das suas famílias, tudo o que foi desenvolvido, vivido e alcançado desde que foram conquistados.

A rede de Santuários está a crescer

Foi interessante ver os primeiros membros da Liga Apostólica Feminina, reforçando o seu empenho e crescimento em relação a Schoenstatt: duas delas já começaram como monitoras (ou portadoras) de novos grupos pois anseiam poder proporcionar a outras o caminho que percorreram. Isto confirma o crescimento deste Ramo dentro do nosso Movimento.

Tem sido, sem dúvida, um marco em Schoenstatt Costa Rica. Com elas esperamos que os novos grupos já formados tenham o exemplo e, sobretudo, o anseio de conquistar os seus Santuários-Lar e, desta forma, haverá um crescimento da rede não só na Costa Rica mas também no e para o mundo.

Esperamos que esta bênção que o Padre José Luis Correa realizou a partir do nosso Santuário da Família de Esperança, seja de grandes bênçãos e realizações para cada um delas, bem como para os membros das suas famílias, e que seja o início de mais conquistas no seio da Liga Apostólica Feminina.

Santuario Hogar

Original: castelhano (30/9/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Tags : , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published.