Federación de Hombres Chile

Colocado em 2022-04-09 In Vida em Aliança

Ignacio Javier Karmy: Chefe da União de Homens do Chile

CHILE, Susy Jacob • 

Em Agosto do ano passado, Ignacio Javier Torres Karmy (46 anos, engenheiro) assumiu a posição de chefe da União Chilena de Homens. Conheceu Schoenstatt na sua juventude, quando participou no Ramo Universitário do Santuário de Campanário. Hoje é casado, tem 4 filhos (entre os 4 e 11 anos) e é membro da União de Homens desde a sua fundação no Chile. —

A União de Homens foi fundada a 20 de Agosto de 1919 em Hoerde, na primeira reunião dos membros de Schoenstatt que não eram palotinos. “Não existem provas de qualquer actividade da União de Homens na Alemanha imediatamente após essa data. Em 1933 há uma carta do Padre Kentenich à União masculina, que indica que ela existia naquela época. A perseguição nazi e a guerra significou que teve de ser refundada depois de 1945. O tempo do exílio do Padre Kentenich em Milwaukee prejudicou o seu desenvolvimento e teve de ser refundado em 1966 com os restos dos que sobraram do período do pós-guerra e uma nova geração jovem. Em 1991 foi fundada na Suíça a União de Homens (“As Uniões Apostólicas em Schoenstatt”, Pe. Rafael Fernandez, Nueva Patris, 2022).

Foi em 2008 que começou a fundação da União de Homens no Chile (que também existe na Alemanha e na Suíça), chamada a ser uma comunidade apostólica federada de líderes leigos de Schoenstatt ao serviço da Família de Schoenstatt e da Igreja, no seu trabalho de evangelização da cultura e do mundo. 

Quem são os membros?Federación de Hombres Chile

– Actualmente a União Chilena de Homens é composta por 27 pessoas, de diferentes idades e diferentes profissões, que estão agrupadas em 4 Cursos (ver foto acima). Os três primeiros Cursos fizeram a sua consagração perpétua ou alguma consagração temporária e são:

  • Curso 1: Apóstolos do Pai, pão da Aliança para a cidade nova.
  • Curso 2: Fogo do Pai, alegres e fiéis construtores de pontes
  • Curso 3: Irmãos em missão, construtores do Espírito para um mundo novo.
  • Curso 4: está em processo de candidatura, uma fase anterior à primeira consagração.

Destas 27 pessoas, 22 vivem em Santiago, 2 em Viña del Mar, 1 em Rancagua, 1 em Antofagasta e 1 em Washington, DC (Estados Unidos). 

Qual é a missão mais específica da União de Homens?

– A missão mais específica é marcada por serem homens leigos de Schoenstatt, com uma forte ênfase na evangelização da cultura e do mundo. Nisto, eu diria que existe uma imensa motivação para traduzir os ideais em obras, com vista a questionar o nosso trabalho apostólico, em direcção ao que definimos como certos apostolados estratégicos:

  • Trabalho leigo e actividade leiga no mundo através dele.
  • Apoio à Coluna dos Homens
  • Actividade social no mundo
  • Educação
  • O desenvolvimento e divulgação do pensamento do Pe. Kentenich e de Schoenstatt.

Vemos também que se abrem portas para nós no campo internacional, bem como no trabalho baseado na fé com outras comunidades no Chile, que continuaremos a explorar.

Como se têm visto reflectidas as lideranças que formaram ao longo dos anos?

– Entre o final de 2005 e Maio de 2008 foram dados os passos necessários para iniciar a fundação da União de Homens no Chile, solicitando à Presidência Internacional que sancionasse formalmente este processo de fundação. A Presidência respondeu positivamente a 8 de Dezembro de 2008, nomeando o Pe. Mariano Irureta (Padres de Schoenstatt) e o Dr. Jorge Westphal (Instituto das Famílias) como responsáveis pela fundação.

Com o acompanhamento do Pe. Mariano e Jorge, José María Fuentes foi eleito como chefe da União e foi formado um primeiro Conselho, e nos Cursos, por seu lado, designando os seus primeiros chefes e educadores. Ao longo do tempo, a liderança mudou de acordo com as etapas pelas quais a União passou. Assim, no final de Agosto de 2021, os membros da União elegeram um novo chefe e novos conselheiros. 

Fale-nos sobre o congresso que realizaram em plena pandemia?

– Desde a sua fundação em Agosto de 2008, a União Masculina de Schoenstatt no Chile percorreu um caminho de fundação e crescimento, o que nos desafiou a definir e documentar o nosso foco com base em dois eixos principais:

  1. Os pilares da vida espiritual, da vida comunitária e da vida apostólica.
  2. Os elementos de identidade que caracterizam o homem federado.

Para tal, foi realizado um trabalho inter-Cursos com temas de trabalho concretos, cujo material e discussão foram os contributos para aquilo a que chamamos o congresso, que, devido a questões pandémicas, foi realizado em três fases. O objectivo do congresso era projectar a vida da União de Homens, a partir da definição da sua identidade, de acordo com a vontade de Deus para os próximos anos.

Que conclusões tiraram do congresso?

– O congresso criou um marco na fase de fundação da União de Homens, onde pudemos reflectir e traduzir em documentos “mártires” a nossa compreensão e linguagem para os elementos que nos distinguem, permitindo-nos alinhar a nossa contribuição para o Movimento e orientar os nossos esforços apostólicos.

Será tarefa do novo chefe e do seu Conselho avançar principalmente ao longo de quatro linhas de trabalho:

  • Encerramento do nosso processo de autonomia.
  • Programa de formação e a formação de um círculo de educadores.
  • Crescimento com novos Cursos no Chile, e continuar a apoiar o processo fundacional na Argentina e noutros países da região.
  • Plano de comunicação.

Se alguém gostaria de saber mais sobre a União ou contactar a União de Homens, o que deve fazer?

Neste momento, definimos um membro da União que faz parte do Conselho que se ocupa de questões de comunicação. Ele é Julio Zepeda, cujo endereço de correio electrónico é [email protected].


Fonte: Revista Vínculo, Chile, Abril de 2022. Com autorização

Original: espanhol (7/4/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.