Ruta 40

Colocado em 2021-10-02 In Vida em Aliança

Ela está sempre à tua espera…

ARGENTINA, Juan Barbosa

Num passeio pela “mítica” Estrada 40 na sua parte norte e após uma reflexão que valeu a pena considerar porque era totalmente certa, Nossa Senhora de Schoenstatt surpreendeu-nos… E a 1990 m. acima do nível do mar! Se Ela pode fazer isso lá… Quanto mais Ela poderá fazer a qualquer altura se A ajudarmos! —

Nos Vales Calchaquíes, “Deus não se esqueceu de nada…”

Assim diz uma canção do emblemático Chalchalero Facundo Saravia, filho do fundador do grupo folclórico que percorreu o mundo durante 55 anos… A propósito, ele tem toda a razão.

As paisagens que podem ser apreciadas em “Los Valles” são uma amostra clara da omnipotência de Deus e da sua bela escolha para a beleza mais absoluta.

Viajando pelos seus mais de 5.100 quilómetros (fizemos “apenas” 270 nesta viagem e na sua maioria em gravilha), oferece ao visitante um verdadeiro prazer para os olhos nas suas paisagens absolutamente inesquecíveis… Todas as cores que existem, estão lá!

San Carlos, primeira paragem no dia 18 de Setembro

Preparados para o sinal de “fim de pavimento”, entramos em San Carlos, uma pequena cidade em Salta que, mostra o amor pelos seus antepassados e respeito pela natureza e pelo seu cuidado.

Encontrar um pedaço de papel deitado por aí é uma tarefa tão impossível como dizer “não” às empanadas que uma família prepara com muito cuidado na praça central. Que delícia!

Entrámos na igreja principal e percorremo-la com respeito e alegria, já que a Providência nos deu o dom de a visitar num dia de Aliança. Foi um presente percorrer a sua antiga construção e uma reflexão nos surgiu quando vimos, numa das suas pequenas naves, imagens e estampas de diferentes invocações da amada Mãe de Deus, mas nenhuma da nossa Mãe.

Ela ama-te, está à tua espera e… surpreende-te!

Ruta 40Após vários quilómetros de gravilha (sem asfalto e com irregularidades chamadas “serruchitos”), entrámos na cidade seguinte, uma vez que a nossa rota ao longo da Estrada 40 não incluía a menor pressa. Graças a Deus, porque a nossa velocidade máxima nunca ultrapassou os 60 km/h!

Angastaco, uma cidade pequena e arrumada, acolheu-nos com uma tranquilidade típica das três e meia da tarde.

Belas ruas e paz absoluta para os seus cerca de 2.000 habitantes de hoje.

É claro que saímos do carro e fomos, sem esperar, saudar a amada Virgem Maria na igreja da aldeia, impecavelmente pintada tanto no exterior como no seu cálido interior.

Foi ali, algumas horas após a reflexão de que vos falava, que vi, ao lado da entrada, algo que nos deixou sem palavras: A nossa querida Mãe Três Vezes Admirável, impecavelmente iluminada e com flores!

Uma profunda emoção e alegria inundou-nos completamente e uma reflexão partilhada coroou a nossa surpresa: Ela ama-te sempre, está à tua espera… e surpreende-te!

A portadora da maior beleza que ninguém jamais igualou estava a dar-nos o dom de Si própria, a uma altitude de 1990 m, numa aldeia da amada província argentina de Salta.

Ela parece ter-nos dito, no dia 18: “Aquele que permanecer fiel à sua Aliança de Amor jamais perecerá”. Obrigado Mãe, aqui estamos!

Ruta 40

Original: espanhol (29/9/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *