Pascua Los Olmos

Colocado em 2021-04-11 In Vida em Aliança

Primeira Páscoa no Santuário de Los Olmos

ARGENTINA, Trinidad Iribarne Moore •

Com grande assistência de fiéis que, vieram de muitos lugares, com o devido cuidado e distância e uma grande presença virtual através das redes, viemos com grande entusiasmo e uma enorme alegria de podermos participar na bela Liturgia da Vigília Pascal, a primeira Páscoa no Santuário recentemente abençoado. —

Pascua Los Olmos

Após meses de confinamento

Reunimo-nos na Ermida para a bênção solene do Fogo Novo e a preparação do Círio que, foi aceso pelo Padre Marcelo Gallardo, que presidiu à celebração, iniciando a procissão até ao altar colocado em frente do Santuário.

Após um ano em que não pudemos celebrar a Páscoa presencialmente, este ano experimentámo-la com muito mais consciência, entusiasmo e alegria, recebendo a possibilidade de celebrar a Páscoa como um imenso presente, um presente que, talvez muitas vezes tenhamos tomado como certo, sem o valorizarmos em toda a sua dimensão.

Talvez o não se ter podido celebrar a Páscoa, mesmo não se ter podido ir à Missa durante meses devido às restrições impostas, nos tenha feito tomar consciência do valor das celebrações, do valor da Eucaristia, que para muitos começou a ser diária e a ser vivida com um fervor insuspeitado.

Foi muito bonito ver nesta Páscoa de 2021 uma grande presença de fiéis, famílias com crianças, jovens, idosos, todos com uma grande fé e um fervor que podia sentir-se no ar, todos agradecendo a Deus por terem podido participar no dom do Mistério Pascal.

“A Luz de Cristo, graças a Deus”

Ao chegar ao altar acendemos as nossas velas com a chama do Círio Pascal, que recebemos como símbolo da Luz, que com a Ressurreição é recriada, e supera todas as formas de escuridão.

A noite foi iluminada pelo brilho das velas acesas, uma multidão de luzes que iluminavam a noite, enquanto o Padre Marcelo cantava o Precónio Pascal.

Depois ouvimos as Leituras do Antigo Testamento, a seguir às quais cantámos o Glória com grande entusiasmo, enquanto o sino tocava, anunciando a Ressurreição do Senhor.

Após a leitura da carta de São Paulo, cantámos o cântico novo, o Aleluia Pascal, um cântico próprio daqueles que foram resgatados para uma nova vida, e ouvimos a proclamação do Santo Evangelho.

“Ir para a Galileia”

Na Homilia, o Padre Marcelo exortou-nos a sermos nós próprios portadores da luz para podermos acender e iluminar o mundo, partindo da experiência da alegria da luz de Cristo, da alegria e da força da Ressurreição que, pode remover todas as pedras, da alegria da presença de Jesus ressuscitado que, na noite da Páscoa, faz novas todas as coisas. Ele incitou-nos a “ir para a Galileia”, para a Galileia do nosso primeiro amor por Jesus Cristo, onde Ele nos espera ressuscitado.

Com a bênção da água, acendemos novamente as nossas velas e renovámos as nossas promessas de Baptismo e, a noite foi novamente iluminada com inúmeras luzes que nos falavam de Cristo, como uma verdadeira estrela da manhã, enquanto o Padre Marcelo aspergia a assembleia em lembrança do nosso Baptismo.

A Santa Missa continuou com a Oração dos Fiéis e a Liturgia Eucarística vivida com grande intensidade e alegria.

No final da celebração, após a consagração à Mãe e a renovação da Aliança, unimo-nos à alegria incomensurável de Maria com o cãntico do Regina Coeli e, após a solene Bênção final, um novo repicar de sinos anunciou, mais uma vez, a alegria da Ressurreição.

Uma Vigília única

Uma Vigília verdadeiramente única, a primeira Páscoa do Santuário de Los Olmos num momento histórico especial, onde a Luz de Cristo ressuscitado, princípio e fim, alfa e ómega, ilumina e enche toda a terra, mais forte que toda a escuridão, conquistada nesta Noite Santa de uma vez por todas.

Viernes Santo Los Olmos

Colaboração: Astrid Göttig

Original: Espanhol (9/4/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *