Tiago

Colocado em 2021-01-20 In Vida em Aliança

Uma pequena Semana Santa em Lisboa e no mundo inteiro

PORTUGAL/INTERNACIONAL, María Fischer •

“Celebrámos uma pequena Semana Santa”, disse o Pe. Juan Barbudo na Homilia da Missa de Corpo Presente do Pe. Tiago Frescata, no sábado, 9 de Janeiro de 2021, referindo-se a estes três dias após a morte deste tão amado Padre de Schoenstatt português, não só no seu país natal, mas também no Chile, onde trabalhou nos últimos anos; no Paraguai, onde esteve no seu noviciado; na Argentina, onde passou as suas férias como noviço; na Costa Rica e no Panamá, onde esteve na Jornada Mundial da Juventude exactamente dois anos antes da sua morte. Quando morreu aos 48 anos de idade, uniu, durante dias, não só os Padres da sua comunidade em Espanha e Portugal e os familiares e amigos que puderam estar em Lisboa durante esses dias, mas praticamente milhares de pessoas da Família Internacional de Schoenstatt, unidos na dor, nas memórias, na oração e na gratidão pelo seu Padre Tiago, quase sem se importarem se, o tinham conhecido pessoalmente ou. através dos testemunhos dos seus amigos. Esta “pequena Semana Santa” teve muita luz de Páscoa, que continua a brilhar sobre o nosso Schoenstatt. —

Os números dizem algo: 36 comentários na versão espanhola dos dois artigos publicados nesta “Semana Santa”, 6 na versão portuguesa. A ausência de comentários nas versões alemã e inglesa é talvez uma questão de mentalidade. 1936 visitas aos dois artigos em espanhol, 1572 em português, 421 em alemão, 34 em inglês; mais de 6000 vistas aos dois vídeos das Missas de Corpo Presente transmitidas em directo. Mas esta é apenas a quantidade. A qualidade do impacto da vida e morte do Pe. Tiago Frescata não se mede em números, mas na vida despertada no coração daqueles que, choraram, lembraram, rezaram e sim, sorriram no meio da dor, contagiados pelo seu sorriso típico, que os principais celebrantes das duas Missas, o Pe. Diogo Barata e o Pe. Juan Barbudo, conseguiram evocar nas histórias reais, que partilharam, da vida do Tiago.

Tiago

Com o rosto de uma criança e perguntas inteligentes

Mais uma vez, agradecemos ao Pe. Alberto Eronti pelas suas memórias da Ordenação Sacerdotal do Pe. Tiago, que partilhamos, de novo, e, publicamos pela primeira vez em inglês e alemão e, também, pela sua saudação pessoal à Família de Lisboa que, ele nos permitiu partilhar. Uma pessoa é conhecida no testemunho de alguém que o acompanhou de perto.

“Conheci o Tiago no Paraguai, durante o noviciado, há cerca de 25 anos”, partilha Ignacio Serrano, colunista de schoenstatt.org e membro da União de Homens do Chile. “Lembro-me dele com o rosto de uma criança e perguntas inteligentes. Lembro-me que, ele dava a cada coisa que fazíamos uma volta reflexiva com um tom de humor de que eu gostava muito. Por exemplo, se fôssemos colher limões ou bananas, ele perguntar-se-ia se, não seria melhor apanhar aqueles que tinham caído no chão, para que cada fruto pudesse cumprir o propósito para o qual Deus o tinha criado e não se perder pelo caminho. Se lavávamos os tachos e panelas ou limpávamos a cozinha, ele reflectia sobre como isso tinha de ser feito, pois, enquanto Deus queria que servíssemos trabalhando, Ele também queria que partilhássemos momentos de alegria e relaxamento com a comunidade. O Tiago era assim. Este é o Tiago que já não está aqui, porque partiu para a casa do Pai. Não há mais perguntas ou reflexões. Mas também não são necessárias, porque para ele todas foram respondidas. Nem há mais trabalho, agora ele pode descansar em paz. Todo o esforço já não é necessário. Tiago pode desfrutar de Deus e dos seus irmãos no céu. Todos estarão a desfrutar da sua presença”.

Vigília da Juventude Masculina

Um momento muito especial foi a Vigília da Juventude Masculina no Santuário de Lisboa, que durante esses dias foi o centro vivo dos schoenstatteanos que estavam, física e virtualmente, presentes. Em vez de muitas palavras, partilhamos o vídeo deste momento de despedida, gratidão e esperança.

Sonhar juntos, construir juntos

A decoração de Natal, a manjedoura, as coroas com flores brancas à volta do caixão, os Padres de Schoenstatt de Portugal e Espanha com o Superior Provincial, o Pe. Fernando Baez do Chile, que estava presente apesar da pandemia e da queda de neve que, justamente nessa altura cobriu a Península Ibérica com a maior quantidade de neve dos últimos 30 anos, o coro, e as fotografias e símbolos que lembravam o Pe. Tiago e, que cada vez, eram mais: tudo isto criou uma atmosfera de Natal-Páscoa para aqueles de nós que, estavam física ou virtualmente presentes.

Duas das Missas foram transmitidas em directo. Durante a Missa, na tarde de 8 de Janeiro, o Padre Diogo Barata, Superior Delegado dos Padres de Schoenstatt em Espanha e Portugal, que conhecia o Padre Tiago desde a infância, sublinhou a atitude do Padre Tiago de “sonhar juntos” e “construir juntos” – a Juventude Masculina de Portugal, a comunidade dos Padres de Schoenstatt em Espanha e Portugal, o papel de Schoenstatt na Igreja e no mundo de hoje.

O Bom Pastor

Uma criança perante Deus que nunca deixou de se surpreender, um padre com um coração de pastor que cuidava, com imensa generosidade e alegria, dos que lhe eram confiados: os jovens. Foi isto que o Pe. Juan Barbudo nos mostrou do Pe. Tiago na Missa fúnebre de 9 de Janeiro, destacando a sua ligação a Nossa Senhora, o seu primeiro amor, e o que a sua família significava para ele.

Graças à excelente transmissão, pudemos até acompanhar a procissão até ao Santuário, pudemos ver mais uma vez o Padre Tiago visitar esta casa de Maria, onde acreditamos estar agora para sempre, a continuar a cuidar de todos aqueles que lhe foram confiados e de muitos mais.

Como diz Edda Fournau, uma missionária da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt de Daireaux, Argentina, que não o conhecia a não ser através de testemunhos: “Um enorme abraço para a sua família, Padre Tiago… Desde o além intercede pelas nossas crianças e jovens para que sejam fiéis servidores do Reino”…

Marcas de uma pessoa feliz, discreta e silenciosa

“As minhas sinceras condolências à família do nosso querido Padre Tiago. Ele carregou a cruz da sua doença com grande fé. A sua partida comove-me, e acompanho os nossos irmãos na oração e na Santa Missa. Descansa em paz, Pe. Tiago. Celebraste a tua última Missa nesta, que é a tua Páscoa para vida eterna”, escreve Mons. Francisco Javier Pistilli Scorzara, Bispo de Encarnación, Paraguai.

Uma pessoa alegre e silenciosa, discreta, que deixou marcas. “Tive a graça de conhecer o Tiago no noviciado e, mais tarde, encontrei-o, sempre tão alegre e entusiasta, com uma invejável doação de si próprio à Mãe. Obrigado, Tiago, vamos sentir a tua falta, como diz o Padre Alberto”, escreve Monina Crivelli, de Buenos Aires, Argentina.

Manuel Huapaya, do Peru, tem a memória de algumas horas de encontro: “Quando recebi a notícia, fiquei surpreendido. Conhecia muito pouco o Pe. Tiago; tive a oportunidade de o ter em casa uma noite no seu caminho para a JMJ porque o seu voo fez escala no Peru. Era um jovem padre com muita vida e alegria interior. Certamente que o Senhor está a abrir as portas do céu para o receber hoje”. “Obrigado, Padre Tiago, por se juntar a nós no Panamá para a JMJ de 2019. Esteve presente na escola onde todos os schoenstatteanos se reuniram para a Jornada Mundial da Juventude. Do céu acompanharás os jovens para a Jornada Mundial da Juventude em Portugal”, diz Carmen Franco, do Panamá. “Tive a oportunidade de o conhecer na Jornada Mundial da Juventude no Panamá e estava muito feliz por a próxima ser no seu país natal e por poder colaborar na organização do evento”, acrescenta Ligia Plata. 

Estes são apenas alguns dos muitos comentários, saudações, condolências e memórias que foram recolhidos durante estes dias. Convidamos a lê-los todos. Gostaria de terminar com o testemunho deixado por Cristián León, do Chile:

“Tive a graça de poder partilhar contigo várias vezes ao longo do teu percurso sacerdotal, desde a tua Tomada da Túnica em Tupãrenda até ao teu tempo de convalescença após essa operação no Chile. Jovem, alegre e extremamente amável e transparente, és uma grande perda para este mundo que precisa de padres como tu. Mas Deus queria-te ao Seu lado antes. A tua vida honra o sacerdócio e aumenta a glória para Schoenstatt.

P. Tiago

Original: Espanhol (18/1/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *