Santuario Hogar Costa Rica

Colocado em 2020-12-19 In Vida em Aliança

O Santuário-Lar: o melhor presente que 35 famílias poderiam dar umas às outras em tempos difíceis

COSTA RICA, Lisandra Chávez •

Este ano, 35 famílias iniciaram as oficinas para conquistarem seus santuários-lares, cuja bênção foi realizada de forma presencial e virtual no dia 5 de dezembro de 2020.  Um desses grupos é de El Salvador, um presente para todos nós. —

No total, a preparação consistiu em seis encontros com palestras e temas tais como “A Fé na Providência”, “O Diálogo Matrimonial” e, é claro, o tema sobre a Virgem Maria e o Pe. José Kentenich, que não podia faltar.

“Houve uma oficina na qual definiram a graça que querem ter ou o que os representa como casal, o lema como família, símbolo e o nome de seu Santuário. Tudo era virtual e, assim, todos puderam ter seu santuário”, mencionou Raquel Castillo.

Santuario Hogar

Foto: Martha Barrantes e José Chávarri

Um santuário-lar em um ano difícil

Mayi Antillón, ex-ministra da Economia da Costa Rica (autora de um artigo recente sobre o compromisso político, em schoenstatt.org) e seu marido Luis Pal compartilham sua experiência: “Em um ano difícil entendemos que nossa missão de rezar foi importantíssima. Perguntamos a Deus o que Ele queria de nós e Ele nos disse que queria preparar nossa casa para a Mãe de Deus, um santuário-lar. Nós nos preparamos e compreendemos através das oficinas que se trata de trazer a Mãe de Deus a nossos corações, família, casamento e ter um cantinho Dela em nosso lar. Compreendemos a importância de fazer este caminho de preparação como casal, e assim perceber que a Mãe está conosco desde que éramos namorados e segue até hoje.  Conseguimos conquistá-la com muito capital de graça, para que Ela esteja conosco, assim como o pai fundador, José Kentenich, nosso santuário e o Espírito Santo.  Foi o presente mais maravilhoso que pudemos dar um ao outro em nosso caminho para a santidade matrimonial”.

Os monitores destes grupos foram Mario Quesada e Paula Lizano, Alejandro Gallegos e Raquel Castillo.

 

Original: Espanhol (16/12/2020). Tradução: Luciana Rosas, Curitiba, Brasil

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *