Ernest M Kanzler

Colocado em 2020-12-27 In Schoenstatteanos, Vida em Aliança

Faleceu Ernest M. Kanzler, Superior Geral dos Irmãos de Maria

Por Roberto M. González/mf •

A morte não é uma “casualidade” estranha para todos nós, mas muitas vezes a sua rapidez deixa-nos atordoados, e em tempos de pandemia, em que este vírus levou tantas pessoas muito rapidamente para o reino dos céus, não deixa de ser algo que nos surpreende. No dia 23 de Dezembro, na noite de Natal e nos primeiros dias do Ano de São José, faleceu Ernest M. Kanzler, Superior Geral do Instituto dos Irmãos de Maria de Schoenstatt. —

Kanzler

Ernest M. Kanzler | Foto: Dietger M. Kuller

Há exactamente duas semanas, Ernest recebeu o diagnóstico do seu médico: cancro. O plasmacitoma, com radiação nos ossos vertebrais e na pélvis, já estava avançado, escreve Thomas M. Butz, em 25 de Dezembro, aos “amigos e benfeitores dos Irmãos de Maria”, que costumavam receber as saudações de Ernest M. Kanzler.

Por um lado, finalmente, finalmente, ficaram claras as causas da sua dor; mas, por outro lado, também ficou muito claro que, só lhe restava pouco tempo na vida terrena. 

O ritmo a que a sua condição se deteriorou apanhou-nos a todos de surpresa. Na sexta-feira passada, a hospitalização era inevitável. A condição oncológica foi agravada por um AVC no Domingo à noite. Os testes revelaram um prognóstico muito mau, por isso na quarta-feira à tarde era claro que, a sua vida estava a chegar ao fim. Tivemos a oportunidade de acompanhar Ernest M. Kanzler durante todo este tempo e estamos muito gratos ao hospital por tornar isto possível em tempos de Coronavírus. 

Em 23 de Dezembro às 23h40, Ernest faleceu. A perda pesa muito, para a Comunidade, os homens e a missão como leigos no mundo. Ele carregava estas preocupações no fundo do seu coração, mas nós, os Irmãos de Maria, também vivemos, historicamente, na certeza de que Deus pode escrever direito por linhas tortas.

A “perturbação divina”

Há já algumas semanas, em várias conversas comunitárias, a “perturbação divina” tem sido um tema de conversa, a partir deste jogo de palavras do alemão transposto para a nossa realidade com o vírus e a doença de Ernesto M. Kanzler.

A perturbação divina aparece em diferentes formas e nem sempre compreendemos a sua razão de ser, mas como cristãos e sobretudo como schoenstatteanos, estamos sempre em busca dessa “Janela Aberta” no espírito da Cartar Branca. É por isso que desde a partida repentina de Ernest M. Kanzler para o  Schoenstatt eterno, queremos unir-nos em oração pelo seu descanso eterno e pela busca daquela Janela Aberta.

Sempre pronto para ouvir

Como um dos Irmãos de Maria mais jovens da comunidade, tive a honra de o conhecer e de trocar ideias com Ernest muito recentemente. Mesmo desde a minha chegada a Schoenstatt pela primeira vez, pude descobrir nele, não só o meu Superior dentro da Família, mas também um confrade, sempre disposto a ouvir e a trocar ideias. Independentemente do tempo, sabia que podia sempre contar com um ouvido para as minhas ideias e problemas, bem como respostas às minhas propostas com um enfoque diferente, a partir da visão de uma pessoa que, se podia ver como tendo uma profunda religiosidade e união com Deus.

Na sua personalidade e ideias estavam sempre presentes os outros, especialmente os homens, como poder estar mais livremente disponível para eles e acompanhá-los. Ele cuidou e acompanhou cada um dos membros da Comunidade, como um verdadeiro pai de família.

Ernest M. Kanzler Cambrai

Sempre com a porta e os ouvidos abertos

O trabalho em prol das Causas de Mario Hiriart e José Engling era algo muito próximo para ele, de tal modo que, o seu empenho pessoal chegou ao ponto de se mudar, pessoalmente, para Cambrai para mudar e/ou pintar as telhas do Santuário. Ele próprio subia ao telhado ou realizava outros trabalhos de manutenção necessários. Este e outros trabalhos eram feitos com tanta naturalidade e entrega tal, que quando necessário, dedicava o seu tempo integralmente.

Preparava as reuniões ou publicações para a Liga dos Homens, os retiros ou peregrinações com tanto cuidado e afecto e dava sempre tudo de si em muitas noites sem dormir, para que tudo estivesse sempre pronto.

Fazia tudo isto em silêncio, sem mostrar cansaço ou frustração, com uma personalidade reservada, sempre com a porta e os ouvidos abertos, sempre impecavelmente vestido e com um sorriso que transmitia uma serenidade palpável.

Uma consagração-contrato de um jovem membro, na presença de vários dos seus amigos e de todos os jovens da Escola de Chefes? Diferente, único, nunca antes feito. Mas sim.

Hoje, não só a família dos Irmãos de Maria perdeu o seu Superior, mas várias instituições, dentro e fora de Schoenstatt, perderam um colaborador terreno, mas ganharam um intercessor no céu.

Ernest M. Kanzler Dachau 75° jubileo

75° Jubileu da fundação em Dachau – Foto: Roberto M. González

“Um Natal muito especial está mesmo ao virar da esquina”

“Um Natal muito especial está mesmo ao virar da esquina”. Começa assim a carta de Natal de 2020, ainda assinada pelo próprio Ernest M. Kanzler. Nenhum de nós poderia imaginar que esta frase se tornaria tão importante com a morte inesperada do Sr. Kanzler.

Ernest M. Kanzler escreveu nesta carta, datada de 13 de Dezembro:

“Deus prescreve uma forma completamente nova de ver a Solenidade do Nascimento do Seu filho. Mais do que nunca, desejamos luz na escuridão, fiabilidade no futuro, comunhão com os nossos entes queridos. Os valores centrais do Natal estão a tornar-se mais claros. Os acessórios do Natal estão a ser postos no seu lugar. Esperemos pelo Menino Jesus. Ele é a luz na escuridão. Deus dá-nos n’ Ele um aliado absolutamente fiável para cada futuro que se nos depare. A amizade com Ele dá-nos comunhão com profundidade”.

Obrigado, Sr. Ernest M. Kanzler, pelos seus serviços a Schoenstatt inteiro.

Dachau

75° jubileu da fundação em Dachau – Foto: Roberto M. Gonzáles

 

Vita – Ernest M. Kanzler

 

A Missa de Corpore insepulto (Corpo presente) será celebrada no dia 29 de Dezembro às 15 horas. (hora local) na Igreja dos Peregrinos, e será transmitida em directo pela schoenstatt-tv.

 

Original: Alemão(27/12/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , , ,

1 Responses

  1. Luciana Rosas diz:

    Meus sinceros sentimentos à toda comunidade do Instituto dos Irmãos de Maria de Schoenstatt. Que o Sr. Ernest M. Kanzler seja agora um grande intercessor no céu para a família de Schoenstatt, especialmente para a coluna masculina.
    Luciana Rosas, Curitiba, Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *