Colocado em 2020-10-03 In Vida em Aliança

O santuário de Pilar avança em sua construção física e espiritual

ARGENTINA, Astrid e Matías García Samartino, Coordenadores diocesanos Pilar •

Conhece a terra impregnada de alegria, porque nela o sol não conhece ocaso…? É minha terra natal, minha terra de Schoenstatt! Assim é nossa terra de Los Olmos, o lugar no qual nossa querida Mãe escolheu para se estabelecer e morar na cidade de Pilar, província de Buenos Aires, Argentina. —

Tudo começou com o desejo no coração de algumas poucas pessoas e foi se convertendo, com o passar dos anos, no grande sonho de muitos e na realidade de uma grande família que a Mãe foi conquistando.

Contra vento e maré… no tempo da pandemia

Contra vento e maré, neste tempo especial da pandemia, Ela segue estabelecendo-se cada dia com mais força e inundando muitos corações que lhe dizem Sim, que vão descobrindo, conhecendo-a e vão ao seu encontro em seu novo lar, aquele que estamos construindo e que não para de crescer. Nada nem ninguém a pode frear, nem a Ela e nem a nós. Com grande esperança, amor e generosidade vai se consolidando, ao mesmo tempo, a família que arde por Ela e para Ela, a Cristo.

Sentimos que daqui Ela já começou a derramar as suas graças do abrigo espiritual, transformação interior e do envio apostólico entre nós. Ela escolheu esta terra familiar para criar. a partir daqui, uma nova corrente de irrupção de esperança, em um tempo de muita incerteza e dificuldades nacionais. Ela volta a dizer Sim e nós também.

Pilar é um lugar no qual vivem muitas famílias jovens com filhos pequenos, famílias que se mudaram para esta cidade em busca de um lugar seguro e saudável para viver e crescer. O santuário de Schoenstatt é uma necessidade para este lugar, para estas famílias.

Um santuário nas proximidades de Luján

Luján

Luján

Seu novo lar é fonte de alegrias, fonte de esperança familiar, fonte de amor. Nesta terra respira-se Schoenstatt, respira-se este “belo lugar”, seu lugar, que nas proximidades de Luján (Santuário nacional da padroeira da Argentina) quer irradiar suas graças à toda região de Buenos Aires e à toda Argentina.

Na verdade, Luján está a apenas 25km de distância de Pilar, e Los Olmos será o santuário mais próximo da Basílica, para a qual os argentinos peregrinam para visitar a Mãezinha de Luján.

Neste tempo de primavera, as missas são celebradas ao ar livre, perto do santuário em construção, como se pode ver nas transmissões diárias pelo Instagram e pelo YouTube.

Uma bênção presencial… depois da pandemia

Semana após semana, vemos este sonho crescendo, este desejo, suas paredes, seu exterior e seu interior, o espaço físico e o coração. Enquanto o Santuário é construído, também cresce a família, ambos crescemos e somos parte do sonho de Deus. Nossos planos são terminar de construir o Santuário em novembro deste ano e a bênção ser realizada no próximo ano, quando a realidade atual da pandemia permita. Desejamos uma celebração presencial e que seja uma festa para muitas pessoas, para toda a família de Schoenstatt.

Cada elemento do Santuário é conquistado por um grupo da família 

Estamos neste momento em trabalho pleno para encontrar o Ideal do Santuário e conquistando espiritualmente seus símbolos. Cada grupo da família se comprometeu com um deles, ficando o quadro da Mãe sob responsabilidade da Juventude Feminina; o sacrário, com o Instituto das Senhoras de Schoenstatt; São Paulo com a União de Famílias; São Pedro com os sacerdotes diocesanos de Pilar; o Ver Sacrum, com o Instituto de Famílias; o símbolo de Deus Pai, São José e o Espírito Santo, cada um deles, sob responsabilidade de um grupo de casais; a inscrição Ave Maria, com a Campanha da Mãe Peregrina; a custódia, com o Ramo das Mães e o altar com os padres de Schoenstatt de Buenos Aires.

 

Compartilhamos com cada um de vocês este sonho que já é real e colocamos, a partir deste lugar, nosso querido país nas mãos de nossa Mãe.

Conhece a terra impregnada de alegria,
porque nela o sol
não conhece ocaso:
onde os corações vivem tranquilos
na posse dos bens eternos;
onde o coração e a vontade sempre se deleitam
nos abundantes dons de Deus;
onde a vara mágica do amor
logo transforma toda a tristeza em alegria?
Sim, eu conheço esta terra maravilhosa,
é o prado de sol no brilho do Tabor,
onde nossa Senhora Três Vezes Admirável
impera no meio de seus filhos prediletos
e retribui fielmente todos os dons de amor,
manifestando sua glória
e infinda, rica fecundidade:
É minha terra natal, minha terra de Schoenstatt!

Original: Espanhol (1/10/2020). Tradução: Luciana Rosas, Curitiba, Brasil

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *