Colocado em 14. Março 2020 In A Aliança de Amor Solidaria em tempos de coronavírus, Vida em Aliança

Pe. Facundo Bernabei à Família de Itália: “é tempo de vivermos a nossa Quaresma no deserto”

ITÁLIA, Pamela Fabiano •

O momento difícil devido à epidemia oferece-nos a oportunidade de repensar a nossa fé e de seguir concretamente o exemplo do Pai Fundador.—

Desde ontem à noite, 9 de Março, a Itália entrou num dos períodos mais difíceis da sua história recente. O País é inteiramente “zona protegida”, ou seja, qualquer tipo de movimento é proibido por lei, excepto por necessidade comprovada, até 3 de Abril.

Devido à multiplicação dos contágios em todo o país, de Norte a Sul, o governo teve de tomar esta medida para tentar deter a propagação do vírus Covid-19, para evitar o colapso das instalações de saúde e para proteger os mais fracos e vulneráveis: os idosos, doentes crónicos, e quem tem deficit de imunidade. A situação deixou todos atordoados e, como cristãos e cidadãos responsáveis, procuramos sentido e força na prova que nos espera.

O Padre Facundo Bernabei, responsável pelo Movimento de Schoenstatt em Itália, enviou uma carta a todos os membros do Movimento para oferecer palavras que dêem luz e conforto e sejam um guia nestes dias que nos esperam. O amor ao outro DEVE levar-nos a viver o isolamento nas nossas casas como oferta ao Capital de Graças; a oração do Terço, a comunhão espiritual – por causa da suspensão das celebrações públicas – oferece-nos a possibilidade de viver uma dimensão de fé mais íntima e, ao mesmo tempo, mais responsável e exigente.

 

Publicamos, portanto, a carta e colocamo-nos na escola do Pe. Kentenich para viver esta oportunidade de conversão e crescimento o melhor que pudermos.

Original: italiano (12/3/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *