Colocado em 2020-02-17 In Vida em Aliança

A primeira Jornada de Schoenstatt de 2020 na Guatemala

GUATEMALA, Adrián Vieto e Laura Solís •

No Domingo, 9 de Fevereiro, realizou-se na Cidade da Guatemala a Primeira Jornada de Schoenstatt 2020. Nesta ocasião, realizaram-se Workshops de Temperamentos e Workshops de Ideal Pessoal, com a participação de membros dos Ramos: das Famílias, das Mães, dos jovens profissionais e da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt. —

 

A distância não foi um obstáculo para aqueles que deram os Workshops, como os casais Valverde Royo e Escorriola Morera, ambos da Costa Rica, que mais uma vez deram, com entusiasmo, o seu “sim” à Mater para darem um pouco do seu tempo, desta vez à comunidade da Guatemala. Também não foi um obstáculo para os 23 irmãos de Esquípulas, a mais de 200 km da capital, que se organizaram para viajar, de manhã bem cedo, para chegarem à Workshop que a Mater lhes tinha preparado.

Foi um dia de muito trabalho e de grandes bênçãos, pois durante o dia foi realizada a Workshop dos Temperamentos, que permitiu a cada participante aprofundar a sua compreensão de si próprio, o  temperamento, carácter e personalidade que marcam as suas vidas. Na segunda parte foi realizado o Workshop Ideal Pessoal, onde com a ajuda do Espírito Santo e da Mater, cada um identificou esse ideal ou missão para a qual Deus os criou, e assim poderem trabalhar para o realizar durante as suas vidas.

Houve também a oportunidade de convivermos e de nos conhecermos melhor, como Movimento, de rezar, de cantar e, sobretudo, de agradecer à Mater por todas as graças que Ela nos dá na vida.

Assim se realizou a primeira Jornada de Schoenstatt do ano, na Guatemala. Com a certeza de que todos nós temos um Ideal Pessoal claro e definido, os participantes voltaram às suas casas para o continuarem a elaborar.

 

A emoção de nos sentirmos acompanhados

Lizeth Pacheco pertence ao Ramo das Mães e é a coordenadora do Movimento em Esquipulas. Ela diz: “Sempre que temos a oportunidade de conviver com membros do nosso querido Movimento de Schoenstatt, o nosso coração arde com a emoção de nos sentirmos acompanhados”.

O Workshop dos temperamentos ajudou-me muito a conhecer-me e a descobrir quais são os meus pontos fortes de carácter e quais as virtudes que devo cuidar e colocar ao serviço de Deus e dos meus irmãos e irmãs.

O Workshop do Ideal Pessoal veio confirmar a missão que o bom Pai Deus me deu. Os espaços de meditação em ambos os workshops foram oportunos para este encontro com o nosso eu.

Obrigado, irmãos mais velhos de Schoenstatt, pela coordenação deste workshop e por tudo o que foi partilhado neste dia em que convivemos com fraternidade e fortalecemos os vínculos familiares.

Uma missão que eu só tenho que descobrir

Marta Cristina Pérez, também de Esquípulas, esteve presente na Bênção do Santuário da Costa Rica, o primeiro Santuário da América Central. Depois de viajar 6 horas de camionete para participar no workshop, ela diz: “Como Juventude de Schoenstatt, estávamos entusiasmados e ansiosos por convivermos com diferentes Ramos no mesmo Workshop. Rita Molina, Emily Yus e eu ficámos marcadas pelo tema dos temperamentos, pois isso nos fez conhecer-nos melhor, mas, sobretudo, aceitarmos-nos mutuamente e descobrir que nenhum temperamento é mau, pois somos filhos de Deus, mas devemos melhorar o lado negativo desse temperamento.

 Pessoalmente, senti-me confiante, rodeada de amigos e família. Os dois temas marcaram-me: no tema do temperamento, ajudou-me a conhecer-me melhor através do teste, e no tema do Ideal Pessoal, descobri que tenho uma missão nesse plano de Deus para mim e que só tenho de a descobrir”.

Em viagem desde Esquipúlas

Obrigado pela viagem.

Daniela Madriz é da Cidade da Guatemala e diz: “Foi assim que aconteceu ontem o nosso primeiro workshop intensivo. Graças a Gaby e Esteban, Gaby e Antonio, e Maga e Luichi, por terem viajado desde a Costa Rica para o ensinar!

O Workshop tocou um aspecto típico de Schoenstatt: aprendemos e avaliamos os nossos tipos de temperamento e analisamos a nossa história pessoal para formularmos nossa missão pessoal/ideal.

Foi também um grande prazer ter a participação de Schoenstatt Esquípulas“.

É um privilégio, dizem os casais costarriquenhos.

O workshop foi dirigido por Antonio Tous e Gabriela Yglesias, com a ajuda de dois outros casais da Costa Rica. Os Tous contaram porque o fizeram e porque gostaram tanto: “No Domingo, 9 de Fevereiro, uma equipa de três casais de Schoenstatt da Costa Rica teve o privilégio de partilhar com os membros da Guatemala uma viagem cheia de alegria, na qual foram discutidos os temas dos temperamentos e do ideal pessoal.

O desejo que existia na Guatemala de aprofundar a pedagogia de Schoenstatt foi realizado, pela primeira vez com a participação da comunidade de Schoenstatt da cidade de Guatemala e da comunidade de Esquípulas.

Havia 49 membros presentes com corações ardentes, confirmando o desejo de injectar novas energias para desenvolver o Movimento no país.

Foi muito bonito confirmar esta resultante criadora de como o ideal pessoal, quando é conhecido, me faz muito feliz e confirma o caminho que Deus tem para mim.

No planeamento anual desenvolvido em Novembro de 2019, que foi um trabalho conjunto com os coordenadores arquidiocesanos do Movimento na Guatemala, Adrian Vieto e Laura Solis, e o casal coordenador da Missão Guatemala da Costa Rica, Antonio Tous e Gaby Yglesias, foi estabelecido como um objectivo importante para o desenvolvimento do Movimento a realização de uma Jornada Nacional de Trabalho no primeiro semestre de 2020.

A partir desse momento, definimos o tema e começámos a trabalhar para que os oradores que pudessem viajar para a Guatemala realizassem estes workshops.  Um trabalho de vários meses, no qual tentámos coordenar as agendas dos membros do Movimento em ambas as cidades, e estabelecer o lugar ideal para o dia.  Houve mudanças de datas, lugares, oradores e participantes, mas a Mater guiou-os com a Sua mão e premiou o esforço de todos os envolvidos para realizar uma Jornada única, onde uns contagiariam outros e o carisma de Schoenstatt impregnaria os mais novos participantes, e onde se renovaria o fogo interior dos membros que estavam há mais tempo, com fidelidade, no Movimento.

Foi um verdadeiro presente que nos dá uma luz que indica o norte a seguir.”

 

Há onze anos atrás, em 2009, o Movimento Apostólico de Schoenstatt da Costa Rica esteve presente pela primeira vez numa Jornada Internacional de Dirigentes em Schoenstatt – mesmo sem um Santuário, mas com toda a força e graça de uma fundação.  Graças ao empenho desta Família de Esperança, disposta a puxar o carro de triunfo da MTA por toda a América Central, Schoenstatt Guatemala estará presente no Congresso de Pentecostes em Schoenstatt neste 2020.

 

Original: espanhol (14/2/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *