Colocado em 2019-10-31 In Vida em Aliança

Seis novos sacerdotes são enviados a lutar contra a injustiça e a dor no Chile

CHILE, Redacção ACI Prensa •

Seis novos sacerdotes ordenados no Santuário de Schoenstatt de Santiago (Chile) receberam a importante missão de descobrir os irmãos e irmãs que sofrem e com eles lutar contra as causas de injustiça e dor que hoje se tornam visíveis nos protestos.

A mensagem do Administrador Apostólico de Santiago, Mons. Celestino Aós, situou-se no contexto das manifestações de cidadania devido à falta de políticas públicas que permitam uma vida digna, especialmente para as pessoas mais vulneráveis. Estas exigências sociais têm sido expressas através de protestos pacíficos maciços, mas um grupo de desajustados pratica actos de vandalismo e ataques à propriedade pública e privada.

“Nós, como sacerdotes, somos ungidos e enviados para descobrir os que sofrem, para consolar os aflitos. A nossa oração e a nossa reflexão cristã ajudará os irmãos a situarem-se diante do mistério do sofrimento e, juntamente com eles, procuraremos as causas da injustiça e da dor, para lutar contra elas e corrigir o que for preciso corrigir”.

“Teremos que olhar para nós próprios e humildemente reconhecer e pedir perdão pela parte da responsabilidade que nos cabe nestas situações”, disse Monsenhor Aós na sua Homilia.

“As circunstâncias que rodeiam a vossa consagração são alteradas pelas exigências de justiça de milhares de irmãos que se exprimem pacificamente. Mas também, por outros que escolhem o caminho da violência, da pilhagem, dos incêndios, da repressão excessiva. Estamos a viver momentos em que descobrimos quanto sofrimento há entre nós e quanto sofrimento não se expressa, mas está lá”, reflectiu o Bispo.

“Ser sacerdote hoje é bonito e exigente, porque somos enviados a todos para apoiar aqueles que já estão no caminho e para convidar os extraviados à conversão”, disse ele.

Além de os encorajar a voltarem-se para a Virgem Maria e a pedir a Deus que “lhes dê um coração paternal como o de Jesus Bom Pastor”, encorajou-os a estarem disponíveis para o povo, “perto do povo concreto que Deus, através da Igreja, vos confia”, concluiu o Bispo.

A Ordenação realizou-se em 26 de Outubro num templo repleto de familiares e amigos dos Ordenados: Pe. Diego Cifuentes García, Pe. Juan Pablo Cruz Vial, Pe. Domingo Errázuriz Goldenberg, Pe. Francisco Jensen Escudero, Pe. Cristián Sánchez Matte e Pe. Gonzalo Villaseca Vial.

 

 

Fotos: ACIprensa e Twitter do Arcebispado de Santiago do [email protected]

Video (Gravação da transmissão ao vivo pelo FB do Colégio Maior)

 

Original: espanhol (30/10/2019). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Não soubemos, não quisemos, não ouvimos a voz da viúva em tantos rostos e em tantas vidas

 

Etiquetas: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *