Colocado em 16. Outubro 2019 In Vida em Aliança

A nossa prenda para o Santuário, carregada de contribuições ao Capital de Graças

COSTA RICA, Michelle Ramírez •

Com a Consagração Perpétua, a União das Famílias, vive um marco e dá esperança ao mundo de Schoenstatt no Santuário “Família da Esperança” de San José, Costa Rica! Uma Família consolidada e em crescimento em todos os seus Ramos e especificamente nos cursos da União, com sete cursos três anos após a bênção do Santuário Filial! —

 

O nome “Patres Servi Familiae” do primeiro curso, “Pais Servos da Família”, começou a sua caminhada há 12 anos, quando a construção do Santuário nem sequer estava prevista, mas o desejo ardente foi expresso em cada reunião, noite de estudo, Jornadas e Retiros!

Oito casais, “pais” desta fundação da Família de Schoenstatt da Costa Rica, sempre trabalharam e sonharam com a obra e a missão do Pai-Fundador José Kentenich, e apesar de a Presidência Geral não ter dado a “permissão” oficial para que a União começasse, “Los Patres” foram-se formando e estudando com um amplo programa de estudos durante três anos, esperando que um dia lhes fosse dito “que sim”. Foi assim que, finalmente,  obtiveram aprovação, já que não havia Santuários nem Assessores permanentes a viver neste pequeno país.

Foi assim, simplesmente, que a obra de Deus continuou a ser formada em silêncio, no que é pequeno, e cresceu e amadureceu com a mão da nossa Mãe, Rainha e Educadora Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

O Padre Guillermo Muzquiz, Assessor Nacional, propôs convidarmos o casal Norbert e Renate Martin, da Direcção internacional. Foi em 2009 que a tão esperada visita chegou, e o intercâmbio natural e a vida que foi gerada levou a uma nova esperança, pelo que em 2010, 24 de Setembro, com a presença de Fernando e Carola Alliende, as cartas são respondidas e o Sim chega! Os Patres são postulantes, e começa a Candidatura à União Apostólica das Famílias; um salto para o vazio ao permitir que os oito casais comprometidos semeiem a primeira semente do que seria a Primeira União Apostólica das Famílias sem Assessores permanentes nem Santuário Filial! Doze anos depois a primeira “Perpétua” é feita na Costa Rica!

 

“Semeadores de Esperança.”

O Pe. José Luis Correa, Assessor Nacional, foi o celebrante e testemunha deste selo de amor, juntamente com a Ir. María Auxiliadora Bohórquez (Equador) e Alcidez e Margarita Gonzales (Paraguai) como casal acompanhante desta comunidade fraterna daqueles que foram formadores e semeadores de esperança.

“Uma perpétua muito provada.”

Neste caminho, os 8 casais superaram provas de fé… Carta Branca e a Inscriptio ao seu mais alto nível. Doenças, problemas económicos e perda de filhos durante o Curso, converteram a dor e o sofrimento na maior contribuição para o Capital de Graças …

Para a Perpétua, um de seus membros, Derek Monturiol, esculpiu e deu ao Santuário uma bela Custódia… é a mais bela representação desta comunidade de corações de todos os seus irmãos de Curso:

Chalo e Ileana, Manuel e Nella, Carlos e Mamaya, Francisco e Daniela, Manuel e Marta, Checho e Luli, Diego e Alexandra, Derek e Michelle.

“Nos momentos de dificuldade, quando tudo estava ‘pesando’ e ‘preocupando’ ia-a esculpindo como Deus nos vai esculpindo… pouco a pouco, esse tesouro que está dentro de uma madeira sem uso, uma madeira ‘lançada pelo mar’, feia, não polida e até rachada, ia surgindo. Quando esculpo, esvazio a minha mente  e parece que todo o problema se apaga, desaparece porque a oração se apodera de mim, e eu me junto à dor dos meus irmãos de Curso… é como se às vezes eu lhes tirasse essa dor e os ajudasse a carregar a sua cruz… todos nós temos as nossas cruzes e juntos as carregamos com alegria no meio da dor….. Derek, o escultor, diz-nos. “Ela contempla o Seu Amado filho, beija-O ternamente e toma-O nas suas mãos…” A Custódia peregrinou durante três noites pelas suas casas… visitou os seus Santuários-Lar e as famílias que se reuniram, acariciaram a Mãe e entregaram as suas alegrias e tristezas… ali cada Santuário-Coração terminou de oferecer e dar um novo Sim à Inscriptio.

 

“Pela mão de Maria, servindo com alegria!”

O Curso soube dar-se à Família da Costa Rica, no bem e no não tão bem, fazendo e servindo com alegria. Uma característica que expressa os objectivos de santidade que os une, uma missão original dos membros deste Curso, e a magnânima dedicação à imagem do Pai-Fundador!

 

Original: espanhol (6/10/2019). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *