Colocado em 25. Agosto 2018 In Vida em Aliança

Recebo o teu olhar, assumo a tua missão

PARAGUAI, Jorge Hrisuk •

O “Santuário do sul”, do Departamento de Itapúa, com a sua capital Encarnación -cidade fundada em 25 de março de 1615 pelo jesuíta São Roque González de Santa Cruz (o primeiro santo paraguaio) a pouco mais de 10 anos da fundação do Movimento ali,- deixa de ser um sonho. —

No ano 2006, o então diretor nacional do Movimento, Pe. Antonio Cosp, da geração fundadora de Schoenstatt no Paraguai, através das redes sociais torna público o convite a quem teve o interesse em iniciar o Movimento Apostólico de Schoenstatt em Encarnación. Nelly Díaz e Alfredo Ramírez, de Encarnación, radicados na Ciudad del Este e membros da União de Famílias, assumem o cargo, sendo bispo da diocese da Santíssima Encarnación nesta altura, monsenhor Ignacio Gogorza.

O olhar do Padre Kentenich

Em 20 de setembro de 2009, foi realizada uma “jornada históricaao cumprir-se 60 anos do olhar do Padre José Kentenich para o Paraguai desde Posadas, Argentina. Reunidos na basílica de São Roque González de Santa Cruz, depois de se celebrar a Eucaristia e de se ver um audiovisual sobre o olhar do Pe. Kentenich, partimos em caravana, presidida pela imagem auxiliar da Mater, da Ciudad del Este até ao lugar histórico da entrada do padre Kentenich em terra argentina: um passadiço de betão armado sobre o rio Paraná, utilizado para passar do hidroavião para terra (atualmente desaparecido, pela elevação das águas devido ao reservatório da Represa de Yacyretá). Quando o Pai Fundador visitou Oberá chegou de hidroavião em 21 de setembro de 1949, cerca do meio-dia, e ao pisar terra firme em Posadas, o Pe. Gazmann SVD disse ao nosso Pai Fundador: “Veja, Pai, ali está o Paraguai”, e ele olhou para o Paraguai, para o outro lado do Rio Paraná, para Encarnación. Depois realizou-se uma visita ao túmulo do Padre Gasmann SVD, em Villa Lanús, como ato de gratidão a quem recebeu o padre Kentenich naquela visita.

Todos estiveram presentes

Desde o inicio teve-se o acompanhamento e a presença do padre Antonio Cosp, e a partir de 2015, assume a dita responsabilidade o Pe. Santiago Cacavelos, sendo já bispo de Encarnación Monsenhor Francisco Javier Pistilli Scorzara.

Sonhar com o Santuário do Sul da Nação de Deus foi uma constante através do tempo. Também estiveram presentes: o Pe. Tommy Nin Mitchell, o Pe. Martín Gómez, o Pe. Pedro Miraballes, a Ir. Georgina, a Ir. Mariela, os Pereira, os Peralta, Estelita Franco, Mima Cardona, Blanca e Ricardo Franco, Fanny e Ángel Daniel. Dos chefes do Ramo Familiar, Rosanna e Jorge Hrisuk, Chiquita e Papito Martín, Sonia e José Zaracho, Raquel e Nicolás Serrati, do Ramo das Mães, dos Profissionais, Juventude Masculina, Juventude Feminina, Campanha da Mãe Peregrina, Homens Valentes do Terço, Pastoral da Esperança, Colaboradores do Ramo Familiar, Círculo da Liga do Ramo Familiar e aspirantes à União de Famílias.

Mais trabalho!

A diocese de Encarnación tem 36 paróquias no departamento de Itapúa, com uma população católica de aproximadamente quinhentas mil pessoas, a mistura de culturas, as diferenças sociais, as mudanças que acompanham o cultivo intensivo de soja, a migração do campo para a cidade, os efeitos da represa de Yacyretá no homem, urbano e social, tem também a necessidade de elevar o nível de educação e a evangelização da cultura. Tudo isto faz com que a nossa família tenha mais trabalho! Eu conto com cada instrumento eleito pela Mater para construir a Nação de Deus em Itapúa. “Continuaremos a fazer contribuições para o Capital de Graças para que a Mater estabeleça o seu Santuário, onde, quando e como Ela quiser”, dizia Mons. Pistilli, aos seis meses da sua Ordenação; hoje, a Mater já decidiu…

Lança-se o projeto

Há um ano, o Pe. Santiago comprometia-nos, ou melhor, desafiava-nos a conseguir o terreno para o santuário. Sem perda de tempo, contactámos a Junta Municipal de Encarnación, através de uma minuta apresentada pelo Arq. Jorge Hrisuk, concelheiro municipal, autor desta nota, a atribuição por empréstimo de um terreno, dos que foram cedidos pela EBY à municipalidade para os nossos fins, dando-se inicio a um processo que foi apresentando múltiplas variantes.

Aprovado inicialmente, com uma série de requisitos que deviam cumprir-se e ser promulgado pelo intendente municipal Luis Yd em 2017, uma vez cumpridos os requisitos impostos, com a apresentação do projeto e o programa de investimento aprovado por unanimidade pela Junta Municipal e pelo Executivo Municipal, foi assinado o contrato de empréstimo entre o Município de Encarnación e os Padres de Schoenstatt, Pe. Pedro Miraballes e Pe. Santiago Cacavelos; no passado 14 de junho de 2018.

Um Santuário conforme a Laudato Si

O terreno faz parte do projeto do Parque Urbano Potiy, ou seja, construir-se-á um santuário conforme a Laudato Si, como já o é o da Costa Rica. Os trabalhos começam já este mês de agosto. Solicitar-se-á ao distrito de Cambyretá, a atribuição por empréstimo do terreno adjacente, com o fim de se ter um projeto ambiental integrado dos dois municípios.

Recebemos o teu olhar, assumimos a tua missão: lema e desafio para a família de Schoenstatt do sul do Paraguai, na construção do Santuário sonhado e no seu serviço à Igreja e à sociedade.

 

Fonte: Revista Tuparenda, Paraguai

Original: espanhol. 20.08.2018. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , ,