Colocado em 10. Junho 2018 In Vida em Aliança

Um Corpus Christi com Maria, no coração do Pai – Santuário Sião em festa

BRASIL, Sueli Vilarinho •

Muitos motivos para se reunir num só dia. É assim a quinta-feira, 31 de maio, no Santuário Sião do Jaraguá em São Paulo/SP. Cerca de 1.100 pessoas se encontraram para celebrar a solenidade de Corpus Christi e, ao mesmo tempo, para outro motivo bem especial: a abertura do jubileu de ouro do Santuário. Em 31 de maio de 2019 serão 50 anos do Santuário Sião da Unidade dos Corações no Coração do Pai (Cor Unum in Corde Patris). —

Um marco especial desse caminho jubilar é a entrega do cetro para a Mãe e Rainha durante a celebração. O cetro foi conquistado neste segundo ano do triênio em preparação ao jubileu.

A celebração iniciou na Paróquia Nossa Senhora da Conceição diante de Jesus Eucarístico, seguindo com uma peregrinação pelas ruas, por cerca de 15 minutos, até o Santuário. As alamedas da Casa da MTA foram enfeitadas com os tapetes de Corpus Christi. Cristo, que é o centro da fé, caminhou à frente.

Santuário um caminho de vida

A missa teve como presidente o Pe. José Fernando Bonini, reitor do Santuário, e diversos sacerdotes do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt como concelebrantes: Pe. Marcelo Aravena, Pe. Clodoaldo Kamimura, Pe. Afonso Wosny, Pe. Ailton Brito, Pe. Severino Araujo, Pe. Argemiro Ferracioli, Pe. Pedro Cabello, Pe. Carlos Shimura, Pe. Ivan Simicic, Pe. Carlos Alberto Pereira, Pe. Vandemir Meister e o Pe. Juan Ignácio Pacheco – este último do Chile. Também o recém-ordenado Diácono Deilton de Sousa e o seminarista Vitor Possetti. A Família de Schoenstatt local e os peregrinos participaram em peso, também representantes da Família de Schoenstatt de Caieiras/SP, as Senhoras de Schoenstatt e as Irmãs de Maria.

Na homilia o Pe. José Fernando recordou a vida como caminho, recordou momentos históricos dos 49 anos do Santuário, como Deus age em graças desde então, quando a Mãe e Rainha se estabeleceu neste lugar santo.

De mão em mão, o Cetro chega à Mãe e Rainha

O Pe. José Fernando continua dizendo em sua homilia que “entregar um Cetro de poder é dar à Mãe e Rainha toda nossa pequenez, como instrumentos que somos, e a Ela dar a tarefa de governar. A imagem Peregrina Auxiliar nos acompanha em todas as Missas e por isso foi escolhida para receber o Cetro”.

Todos foram convidados a rezar uma oração de entrega do Cetro. Os Padres de Schoenstatt cantaram “Maria de la Alianza” e o Pe. Juan Ignácio, compositor dessa música, a cantou e tocou. O cetro passou de mão em mão pelos representantes dos ramos, comunidades e apostolados da Obra de Schoenstatt até ser finalmente entregue ao Deilton, novo Diácono, que o entregou à Mãe Peregrina Auxiliar.

Nosso Santuário hoje está em festa!

Há 49 anos a querida Mãe fez morada nesta terra do Jaraguá e distribui suas graças a todos os seus filhos. Ela conduz o caminho de cada um, sendo assim, presença marcante em cada história de vida. Com essa motivação, iniciou-se o Ano do Jubileu sob o lema: “Com Maria no coração do Pai. Sião renova a missão”.

A Santa Missa foi concluída diante do Santuário, onde o Santíssimo foi guardado solenemente. O portal e a bandeira do jubileu foram abençoados e estão agora ali como marco deste tempo de graças. Sob o Hino Nacional Brasileiro, hasteou-se a bandeira do Brasil e do Vaticano nos novos mastros.

Em clima de alegria, o dia de festa termina em “Parabéns” e um abraço no Santuário, com a oração jubilar que será rezada no decorrer deste ano.

Convite ao Ano de Graças

O reitor, Pe. José Fernando, convida a todos para visitar o Santuário neste ano do jubileu e salienta que anos jubilares são sempre acompanhados de muitas graças.

Edição internacional: Melissa Rossatti, Caieiras, Brasil

 

 

Fotos: Melissa Rossatti, Alex Formigoni

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *