Colocado em 2018-03-29 In Vida em Aliança

Como celebraram o primeiro aniversário do Santuário da Costa Rica?

COSTA RICA, Michelle Ramírez Aguilar de Monturiol •

As atividades do tríduo em comemoração da bênção do primeiro Santuário de Schoenstatt na Costa Rica “Família de Esperança” foram um presente para a Igreja. Sob um intenso sol de verão viveu-se um festival familiar e pedagógico. O nome do evento: “Encontro com Schoenstatt… juntos pela família” uniu os diferentes ramos da Família e apostolados de schoenstattianos. Unidos mostraram a obra familiar num fim-de-semana. O objetivo foi dar a conhecer o contributo à Obra familiar para a Igreja e para a sociedade da Costa Rica.

Com conferências abertas e temas atuais, enriqueceram com os seus testemunhos de vida, Tony Gazel da União de Famílias, com o tema “Família e Dor” e também Eduardo e Rosa de Aymerich do Instituto das Famílias, com “Educação dos filhos na pureza do amor”, aumentaram a esperança entre os participantes.

Ao longo do dia, os salões da casa do Movimento enchiam-se de ouvintes nas palestras explicativas dos apostolados da obra familiar:

  • Fortalecimento matrimonial
  • Encontro de novios
  • Missões familiares
  • Missão Matrimónio (conselheiro matrimonial)
  • Pastoral da esperança

Também se mostrou como trabalha a Obra Familiar na formação dos seus membros (grupos).

Um Jardim de “tendas”

Nos jardins em redor do Santuário podiam-se ver os “telhadinhos” brancos que iluminavam o trabalho e esforço de todos os apostolados e dos ramos e comunidades do Movimento de Schoenstatt. Era um verdadeiro jardim de tendas com cores e alegria refletidos no semblante dos filhos da Mater.

As tendas dos apostolados eram os seguintes:

  • Invenio (Universidade)
  • Maria Ajuda (Obra Social)
  • Jardim de Maria (jardim de crianças)
  • Encontro de noivos
  • Missões familiares
  • Missão matrimónio (acompanhamento matrimonial)
  • Grupos do Ramo (Famílias de Schoenstatt)
  • Pastoral da esperança (crescimento espiritual para casais divorciados e que voltaram a casar)
  • Juventude de Schoenstatt
  • Catequeses Pré-matrimonial

Com a camisola “Padre Kentenich”

No domingo, bem cedo pela manhã, todos os desportistas e não tão desportistas que se inscreveram na corrida e caminhada, vestiam a camisola alusiva ao Padre José Kentenich. Crianças, adultos, avós empurrando os carrinhos com os seus netinhos, outros com dificuldades de saúde também ofereceram a caminhada e esforço. Todos queriam participar desta alegria contagiosa, até o padre José Luis Correa, assessor para a Costa Rica e a Ir. María Amparo, com passo firme e rápido cruzaram a meta.

 

“Símbolos aos seus pés….”

Depois de um merecido descanso, todos refrescados, depois do desporto, entregaram no Santuário, os símbolos dos santuários lar das suas casas….. Celebrou-se uma missa de renovação dos santuários lar, depois de uma conquista de dez dias: “a décima”, na qual se renovava com orações e contribuições ao capital de graças os santuários lar. Por fim, a celebração continuou com uma Hora Santa que se sentiu como um pedacinho do Céu, com o Santíssimo exposto peregrinando pelo recinto do Santuário e abençoando à sua passagem cada um ali presente, tornou-se numa experiência sobrenatural e inesquecível.

Não há dúvida de que a Mater e o Padre José Kentenich na Costa Rica se manifestaram de forma extraordinária. A resultante criadora é um aliciante que continua a dar esperança a todos aqueles que visitam o Santuário Família de Esperança e mais milagres estão ainda por acontecer.

 

 

Página oficial de Schoenstatt da Costa Rica

Original: espanhol, 26.03.2018. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *