Colocado em 1. Julho 2017 In Vida em Aliança

Schoenstatt sem Santuário?

BOLIVIA, Roberto Henestrosa •

Un Santuario Abierto

Um Santuário Aberto

Schoenstatt sem santuário é como beber uma limonada sem gelo ou uma gasosa sem gás…  Convidamo-los a olhar a nossa ermida…

Em novembro a família de Santa Cruz de la Sierra, Bolívia, cumpre 20 anos de fundação. Temos este terreno de 5 hectares no meio de um paraíso natural onde se erige a maior ermida do mundo. Não temos um santuário apesar da família de Santa Cruz se ter convertido num pilar da igreja local, crescemos em número com esforços de laicos comprometidos.

Ela quer algo mais

É simples, a Mater quer algo mais de nós, seguramente será algo muito grande e por isso faz-nos esperar tanto tempo. Sonhamos que neste terreno possamos vir a ter uma casa de retiros, um centro de formação, quem sabe, talvez uma piscina para aproveitar em família as quentes tardes de Santa Cruz. Sobretudo, sonhamos em ter um santuário rodeado de palmeiras, onde peregrinem as pessoas que procuram acolhimento nos braços da Mater e saiam transformados interiormente e com vontade de ser apóstolos.

Vocês que têm um Santuário…

Escrevo estas linhas como um chamamento a todas as pessoas que podem desfrutar cada vez que desejam, do abrir dessa porta de madeira para entrar e vê-la ali, coroada, rodeada de flores, escoltada por Vicente Palotti e São Miguel Arcanjo. Convido-vos a que na próxima vez em que entrem no vosso Santuário sintam que essa capelinha tem o peso de uma historia de conquistas e agradeçam por todas as vidas que se entregaram à missão e lhes deram a oportunidade de formar as suas vidas à sombra de um santuário.

 

 



Fotos: Olker Baldivieso

Original: espanhol, 27.06.2017. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,