Colocado em 12. Outubro 2016 In Vida em Aliança

Em peregrinação a “Belmonte, Roma”

ITÁLIA, Gisela Ciola •

No passado dia 4 de Setembro, o meu marido e eu, partimos de Trento em peregrinação ao Santuário de Roma Belmonte para o Encontro Nacional da Família de Schoenstatt, no qual participávamos pela primeira vez.

Gostaria de vos contar a minha experiência pessoal.

Emocionei-me enormemente ao ver chegar pessoas da região da Toscânia, muitos desciam do autocarro com pequenos cachecóis amarelos carregando um grande estandarte que dizia “Schoenstatt Toscânia”. Mal desceram continuaram a sua peregrinação levando, em procissão, todas as suas Peregrinas ao Santuário: quanta beleza!

img_9940

Nesse momento, pensei nas minhas Peregrinas e nos nossos grupos de oração de Trento e de Milão…Nós, mal acabamos de dar os primeiros passos na Campanha, pequenos mas profundos e isto animou-me no desejo de poder pensar que, algum dia, também nós, nos encontraremos todos juntos peregrinando ao Santuário!

Aproveito esta ocasião para saudar todos os meus irmãos schoenstatteanos da Toscânia e agradecer-lhes por esta maravilhosa inspiração.

Nesse momento também agradeci à nossa Mãe por me ter permitido viver tanta beleza, nos meus pensamentos, nos meus desejos; por todas as pessoas que, nas nossas regiões, A receberam e por me ter permitido chegar até aqui na peregrinação com o meu marido.

Assim comecei o dia, agradecendo-Lhe a Ela!

img_9931

A Mater une-nos e conduz-nos ao encontro

Nessa Jornada, um casal brasileiro deu um testemunho de vida, sobre a sua experiência de tomar conta do terreno de Belmonte antes da construção do Santuário. Entre outras coisas, falaram sobre a Bênção e a colocação da Pedra Fundamental.

Nesse relato, lembrei-me que a minha mãe também tinha estado presente nesse dia e pensei: “Então, conhecem-se!”. Talvez não se lembrem dela mas, certamente, lembrar-se-ão da Imagem Auxiliar dos Invisuais que ela trouxe para essa ocasião!

Perdi-me um pouco nos meus próprios pensamentos, imaginando como a Mater nos tem a “todos unidos” no Seu Santuário: eles que vieram do Brasil para guardar Belmonte, a minha mãe que trouxe a Imagem Auxiliar da Argentina e eu, que chego de Trento para conhecer, através deles, este belíssimo testemunho.

Ainda que, não conheçamos tudo o que a Mater faz, estamos “incrivelmente interligados através d’Ela” Sobre este pensamento detive-me e descobri outra maravilha, que me tinha escapado até aí: a Mater começou, através da Sua Imagem Peregrina em Milão, a Sua obra missionária no mês de Agosto, precisamente a última cidade que tinha ficado órfã da Imagem da Mater.

A Mater cumpriu o Seu primeiro mês de peregrinação em Milão, quatro dias antes do Encontro Nacional de Roma Belmonte!

Casualidade? … Não! … Nunca!

Ela “interligou uma nação inteira” antes de nos acolher na Sua Casa, na nossa Casa!

Tratemos de imaginar um mapa, no qual com pontinhos amarelos se marcaram todas as Peregrinas da Campanha da Mãe Peregrina de Itália.

Haveria muitíssimos pontinhos amarelos em muitas regiões, em algumas, tantos que não seria fácil distinguir as cidades e depois só dois pontinhos no norte, mas, esses dois pontinhos eram necessários para fechar o nosso “Círculo da Amor”.

Ela uniu-nos e depois conduziu-nos “ao encontro” para nos dar a conhecer o Seu modo de agir.

img_9953

Três reflexões: “Conexão, união, encontro”

Gostaria de terminar a minha reflexão sublinhando três aspectos que me ficaram gravados daquela lindíssima Jornada, vivida como conexão, união e encontro.

  •  A minha mãe que no acto da Bênção da Pedra Fundamental pediu. “ que Belmonte se enchesse de peregrinos e de missionários”.
  • Seu João que se pôs à disposição da nossa Mãe como Seu instrumento, convertendo-se num grande exemplo para nós todos e numa fonte de inspiração para toda a Campanha da Mãe Peregrina.
  • O Padre Kentenich quando disse: “Ela é a grande Missionária. Ela operará milagres…”

E, depois, cá estamos todos nós, oriundos de todas as regiões da Itália e de tantos outros países, todos unidos sob a bandeira de Schoenstatt!

Obrigado Mãe e Rainha Três Vezes Admirável!

20160904_171501

Aproveito a oportunidade para saudar todas as maravilhosas pessoas que conheci no nosso encontro de Roma Belmonte e desejo a todos um fecundo trabalho.

 

Original: italiano. Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , ,