Posted On 2016-07-05 In Vida em Aliança

Pasos que construyen

PARAGUAI, por Horacio Chávez •

Cada tijolo é um contributo dos schoenstattianos do Paraguai, dos peregrinos que ano após ano visitam Tupãrenda e contribuem solidariamente para a construção da igreja Santa Maria da Trindade.

Na Missa das 9h00, cada peregrino chega com muita esperança e anseio de se encontrar com a Mãe de Deus, com o seu contributo para a construção da igreja.

O reitor do Santuário nacional, P. Antonio Cosp, explicou as melhorias que se estão a realizar no piso superior, os corrimões em vidro, os vitrais e a linda porta tão bem desenhada pelos arquitetos e construtores.

DSC01900

Quem veio pela primeira vez?

No início da Eucaristia convidam-se os peregrinos que, pela primeira vez, visitam Tupãrenda a porem-se de pé. Para surpresa de todos mais de setenta jovens ficaram de pé e receberam um caloroso aplauso dos fiéis presentes. Foi tanta a alegria que se pediu a todos que se pusessem de pé para dar um sinal de fraternidade e de unidade às famílias que participam nas Missas e noutras atividades do lugar.

Na homilia, o P. Antonio Cosp, convidou a seguir Jesus como seus enviados para sustentar as famílias, como eleitos para cumprir uma missão que permite sair da escravidão e do mundanismo, e conseguir a liberdade para preserverar e não decair. Agradecer pelas paixões, mas, ao mesmo tempo, aprender a dominá-las e a não dirigi-las para o mal. Exortou os presentes a que voltassem a casa como colaboradores de Cristo, vivendo como Ele, dando alegria e compreensão às famílias.

Até ao Santuário

No final da cerimónia os fiéis peregrinaram ao Santuário com uma mensagem clara: com cada atividade, com alegria e amor, com cada esforço, trazem-se tijolos e argamassa para continuar a construir a igreja Santa Maria da Trindade.

DSC01901

Original: espanhol. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

Tags : , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published.