Colocado em 2015-12-10 In Vida em Aliança

Em vésperas da abertura da Porta Santa

BOLÌVIA, por Juan José Rocha •

La Paz, Achumani, 21 de novembro de 2015. Hoje, faz 23 anos, ou mais precisamente faz 8400 dias em que através de uma solene celebração foi abençoado o nosso Santuário, o Santuário de Achumani.

No dia deste novo aniversário da bênção do Santuário, durante a tarde, 16 casais selaram a sua Aliança de Amor com a Mãe, Rainha e Vencedora três vezes Admirável de Schoenstatt, numa cerimónia cheia de graças.

Coisas de mãe

Recordo uma caricatura humorística onde São Pedro, muito preocupado ao notar a presença de algumas almas que não se lembrava de as ter feito passar para o céu, começou a investigar e encontrou uma pequena cavidade numa das nuvens de onde saía um terço e viu que muitas pessoas estavam a entrar por esse buraco, o Terço servia-lhes de escada para o céu! Foi então contar ao Senhor, Jesus escutou com atenção São Pedro e sorrindo disse-lhe: Não te preocupes Pedro… são coisas de mãe!

Noutra caricatura humorística, conversavam São Pedro e Jesus, atrás deles via-se um terço como corda estendida para o mundo e por esse terço subia ao céu uma incontável fila de fiéis, Jesus dizia a São Pedro: “Deixa, são coisas de mãe”.

Missionários

Neste ano em que o Espírito Santo inspirou o nosso Papa Francisco a proclamar um Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, que começará na próxima terça-feira, 8 de dezembro, solenidade da Imaculada Conceição com a abertura da Porta Santa da Basílica de São Pedro, depois no domingo seguinte, III do Advento, será aberta a Porta Santa na Catedral de Roma, a Basílica de São João de Latrão. Sucessivamente se abrirá a Porta Santa nas outras Basílicas Papais e a de cada Catedral inclusive a de Nossa Senhora da Paz e a de Irpavi; é muito provável que o Santuário de Achumani também seja um templo jubilar, e portanto a sua porta seja uma Porta da Misericórdia.

Será que a Mater não quererá que os 16 casais que selaram a sua Aliança de Amor sejam “missionários da misericórdia” tornando-se missionários da Campanha da Mãe Peregrina; levando a imagem da Virgem para o seu trabalho, colegas de trabalho, familiares, hospitais, clínicas, escolas, colégios?

Rezemos para que nestes 16 casais se faça a vontade do Pai..

 Original: espanhol. Tradução: Maria de Lurdes Dias, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *