Colocado em 2013-10-16 In Vida em Aliança

São seis anos de madrugadas para conquistar o Santuário Filial na Costa Rica

COSTA RICA, Federico e Vanesa Sotela de González. Dia 5 de outubro, a Mãe recebeu, na ermida da União de Três Rios, uma peregrinação de corações, orações, contribuições ao Capital de Graças, vinculações pessoais… tudo isso e muito mais, para a Família de Schoenstatt comemorar o sexto aniversário dos “Tempranitos” (“Madrugadores”): são famílias que se reúnem muito cedo, às 5h30 da manhã, para rezar o Rosário diante da querida Mãe; depois, partilham um pequeno café.

 

O que une essas famílias é o mesmo espírito e o mesmo anseio: que a Mãe se estabeleça no Santuário Filial de Costa Rica. Eles são incentivados pela perseverança, entrega e fidelidade de Alejandro e Elizabeth Tobles, os organizadores: rezam com devoção o Santo Rosário, meditando e cantando; depois, compartilham amizade e carinho… além de se deliciarem com os gostosos sanduiches oferecidos pelos assistentes.

Os coordenadores diocesanos, Manuel Emilio Montero e Marianella Coto de Montero, expressaram seu sentimento e ressaltaram a importância da fidelidade à missão assumida. E os participantes concordam que esse paraíso espiritual já está conquistado e pleno de vida. Assim comprova a paz que se sente ao chegar ali e na dedicação daqueles que, com cuidado, cuidam dos jardins e das flores: os vários grupos da União de Três Rios, que se comprometeram a entregar tudo à Mãe, e daqueles que visitam o local, onde se sente a beleza natural e espiritual.

Uma missão que nasceu em dia de Aliança

Um detalhe importante que Alejandro Robles comentou é que, sem pensar, essa linda missão nasceu em 17 de outubro de 2007, ou seja, à véspera de um 18 de outubro, aniversário da Aliança de Amor fundadora de Schoenstatt. Com certeza, a Mãe escolheu essa data para inspirar muitos aliados a acompanhá-la, aproximar-se dela com devoção, confiança, amor e receber o dom das graças que ela intercede.

Todos estão convidados a responder ao chamado fiel, contínuo e perseverante de Ale e Eli, às quartas-feiras, quinzenalmente, às 5h30 da manhã. E também visitar o lugar em qualquer outro momento, com grupos, famílias ou amigos, para saudar a Mãe e encher de vida essa antecipação do céu. É preciso pedir pelo Santuário Filial e oferecer ao Capital de Graças todas as intenções e renúncias pessoais. O Deus Uno e Trino, com sua bondade e misericórdia, escutará o pedido.

Todos agradecem às pessoas que colaboram com a ermida, cuidando desse grande presente para a Família de Schoenstatt de Costa Rica.

Foi um dia especial!

Elizabeth Field, uma das participantes, conta: “No dia 17 de outubro, às 5h30 da manhã, nós, muitos schoenstattianos, podemos dizer que completamos 6 anos; durante este tempo, deixamos os lençóis e a tibieza da cama; saímos para conquistar o oferecimento à nossa querida Mãe: quase uma ‘loucura’, inspirada por Deus, que nos levou a fundar a missão dos ‘Tempranitos’.

Nosso objetivo é que o Santuário em Costa Rica se torne realidade. E em oração, na ermida da União de Três Rios, continuamos pedindo a realização desse anseio. Sem dúvida, é um lugar extraordinário, onde podemos desfrutar da presença da Mãe, rodeada de flores, uma preciosa vista do bosque, caminhos e muita vida! Convidamos todos a visitar esse lugar tão lindo e especial. Convidamos todos a virem rezar com os ‘TEMPRANITOS’ ou em outro qualquer momento que quiserem!”.

Tradução: Maria Rita Fanelli Vianna – São Paulo / Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *