Colocado em 2009-09-05 In Vida em Aliança

Bênção do novo Memorial de Max Brunner em Arth, Alemanha

Bênção do novo Memorial de Max Brunner em Arth, Alemanha ALEMANHA, Pe. Adolf Schöls.Há poucos dias ocorreu a cerimônia da bênção do Memorial de Max Brunner em Arth, situado nas abas de Landshut, Alemanha. Depois de forte tempestade haver danificado o primeiro Memorial de Max Brunner em Arth, foi erguido um novo memorial. Max Brunner, um dos cofundadores de Schoenstatt, nasceu em 12.12.1897, em Arth, situado nas abas de Landshut. Em 1937 seus restos mortais, juntamente com os de Hans Wormer, foram solenemente inumados atrás do Santuário Original. Há 35 anos o bispo auxiliar Karl Flügel havia presidido à bênção do primeiro memorial, havendo feito ao mesmo tempo em sua homilia menção de que Max Brunner é um modelo para a juventude.

“Quero ser santo!”, fora o lema sobre o qual Max Brunner depositou sua vida. Não obstante, inicialmente seu procedimento havia sido totalmente diferente do procedimento de um santo. Bênção do novo MemorialChegou a Schoenstatt em 24.04.1911 para frequentar o Colégio dos Palotinos, uma vez que sua idade se encontrava muito acima da idade limite exigida para frequentar o Seminário Menor. No início fora bem traquina, chegando até a combater a Associação Missionária e a posterior Congregação Mariana, vendo-se qual porta-voz dos adversários. Foi cognominado o Brunner imprudente. Sem embargo, em seu coração, grande era o amor que nutria a Maria Santíssima, de sorte que, por fim, perguntou a si mesmo: “Mas afinal que mal te fez Maria Santíssima para a combateres?” A partir de então, passou já não a combater a Congregação, senão que selou em 8 de dezembro de 1914 a Aliança de Amor com a Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

Placa anteriorNo dia de sua consagração, disse: “Ave imperatrix, morituri te salutant.” Esta máxima é oriunda dos gladiadores, podendo ser traduzida por: “Ave Senhora, os que estão dispostos a morrer por ti, saúdam-te!” A Aliança de Amor transformou Max Brunner. Desde então, queria ser santo. Ao mesmo tempo o Pe. Kentenich apresentou-lhe a imagem do santo da vida diária, de sorte que queria precisamente fazer as coisas triviais extraordinariamente bem feitas. Como sucedeu a muitos da geração fundadora, outrossim ele teve de combater na Primeira Grande Guerra. Ai, por fim, confiou sua vida a Nossa Senhora, estando disposto a dar tudo por ela. Em 23.04.1917 foi atingido mortalmente por uma granada. Em consequência disso, o Pe. Kentenich apresenta-o em uma edição da revista MTA a outrem, porque nutre grande estima por ele e sabia: palavras comovem, exemplos entusiasmam.

Max Brunner, um modelo para os homens de nossos dias

memorialMax Brunner pode outrossim ser um modelo para os homens de nossos dias. Fora um jovem vivaz, que havia pregado partidas a alguns. Porém a Aliança de Amor transformou-o, e fê-lo modelo para outrem. Não pretendia realizar nada de extraordinário, senão que fazer extraordinariamente bem feito o trivial, as coisas do dia-a-dia e confirmar-se precisamente no cotio.

Viver novamente a Aliança de Amor

Representantes da Família Schoenstattiana da diocese de Regensburg reuniram-se em Arth para a Missa da Aliança. O paro. Adolf Schlös tentou primeiramente interpretar o sucedido à luz da fé prática na Divina Providência, pois o antigo memorial estava caído e enferrujado. Assim como é viva a vivência de nossa Aliança de Amor, outrossim, por vezes, ela não se torna relaxada? Não devíamos nós ver outrossim na nova pedra o ímpeto de viver novamente da Aliança de Amor, a fim de que nossa vida e fé se tornem firmes contra as tempestades da época atual?

Em sua homilia o paro. Georg Frank mostrou fotos de Max Brunner focando diversos momentos de sua vida. No final da Missa da Aliança todos os participantes saíram em procissão em direção do novo memorial. Primeiramente foram queimadas as cédulas com as contribuições para o Capital de Graças, bem como os pedidos de oração, que os participantes depositaram na talha. Em seguida, ocorreu a cerimônia da bênção do novo Memorial em que foi colocada outrossim uma foto de Max Brunner.

Em um restaurante próximo este acontecimento festivo chegou a seu término com uma confraternização, onde foram servidos bolos e café.

Original: alemão
Tradução: Abadia da Ressurreição, Ponta Grossa, PR, Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *