transparencia Rótulo

Cristián León, Chile • As entrevistas à teóloga e historiadora Alexandra von Teuffenbach que mencionam certos conceitos errados sobre a pessoa do Padre José Kentenich foram percebidas como um torpedo abaixo da linha de água no Movimento de Schoenstatt. Estas reacções vão desde a crença de que comprometem seriamente a causa de beatificação do nosso fundador, até ao questionamento da pedagogia e espiritualidade do Movimento. Por outras palavras, o direito à nossa existência carismática seria suspenso até novo aviso. — Numa coluna anterior, mencionei a importância de considerar o pretexto,Leia mais
Por Cristián León, Chile • Durante estes dias, como resultado de uma entrevista com a teóloga e pesquisadora Alexandra von Teuffenbach, temos visto um grande número de artigos e opiniões nos meios digitais do Movimento de Schoenstatt, mas creio que é necessário lê-los com atenção e não perder de vista a leitura reflexiva e crítica, já que normalmente caímos no presentismo em vários dos argumentos, ou seja, julgar com os valores de hoje, algo que aconteceu há mais de 70 anos. — A carta de São Paulo aos Efésios 5,23-25Leia mais
Ignacio Serrano del Pozo, Chile • A recente informação fornecida pelo jornal alemão Tagespost, referindo-se à pesquisa da teóloga e historiadora Alexandra von Teuffenbach, deixou grande parte dos schoenstatteanos confusos e desanimados.  A análise efectuada aos arquivos do pontificado de Pio XII no Vaticano, conteria muito material sobre a Visitação do Padre Sebastião Tromp, e entre estes teriam sido encontradas – segundo von Teuffenbach – notas sobre as conversas do jesuíta holandês com o Padre José Kentenich, bem como cartas de representantes da Comunidade das Irmãs de Maria. Entre elas,Leia mais