Pe. Guillermo Carmona Rótulo

ARGENTINA, Cristina White • Na sexta-feira, 12 de Outubro, Solenidade de Nossa Senhora do Pilar, lembrámos os 20 anos da partida do Pe. Esteban Uriburu para a casa do Pai. Além de membros da sua família, muitos filhos espirituais do Pe. Esteban acorreram, para o recordar na Eucaristia que foi celebrada pelo Pe. Guillermo Carmona, na Basílica de Nossa Senhora do Socorro. Nesta Paróquia situada no centro de Buenos Aires, Esteban Uriburu foi baptizado e deu os seus primeiros passos na fé. — Torna-se difícil expressar com simples palavras aLeia mais
Pe. Guillermo Carmona  •                                      Em 18 de Dezembro, dia da Aliança e, em plena espera do Natal, em Buenos Aires houve manifestações violentas contra reformas do Governo que eram debatidas nesse dia no Congresso Nacional que, acabaram com muitos polícias feridos e danos enormes em fachadas, quiosques de jornais, lojas, paredes, carros, mobiliário urbano, plantas, espaços verdes e mais na Praça do Congresso, recém- renovada há poucas semanas. É neste contexto que o Pe. Guillermo Carmona, Director do Movimento, enviou a Carta da Aliança. Ainda que, escrito para a situaçãoLeia mais
Pe. Guillermo Carmona • Em breve começaremos o tempo do Advento. A Virgem está a caminho. Ela é como um cálice cheio do Altíssimo. Ninguém sabe, a não ser José, a sua prima Isabel, o seu esposo Zacarías e talvez mais algumas pessoas. O resto da humanidade e os judeus de então não sabiam; desconhecem o mistério que se gera no seu ventre e, por isso, não haverá morada para eles em Belém. Que tristeza não descobrir a presença de Deus quando nos vem visitar! Nós, schoenstattianos, deveríamos viver comLeia mais
Pe. Guillermo Carmona • Em cada 18 de Outubro, celebramos a Festa Patronal do nosso Santuário. A data lembra-nos a sua importância e a possibilidade de reflectir: quão valioso é para mim este lugar? Que encontro lá? Por que volto lá sempre de novo? Nele, o nosso lugar de pertença, homenageamos a Padroeira e expressamos-Lhe a nossa gratidão e alegria. O Santuário é o lar espiritual, pertence-nos, é, talvez, o mais belo e visível que temos e oferece-nos santo orgulho. De cada vez que chegamos ao Santuário experimentamos a presençaLeia mais
Pe. Guillermo Carmona, Diretor Nacional do Movimento de Schoenstatt na Argentina • Estava chovendo em Schoenstatt no dia 20 de setembro quando o carro que levava o caixão do Padre Kentenich partia do Santuário Original até a Igreja da Santíssima Trindade no monte. As Irmãs de Maria rodeavam o carro, carregando em suas mãos um lírio. Assim, reconheciam como pai, aquele que, sem ter gerado vida física, se consagrou totalmente aos demais. Eu observava tudo isso desde um canto no caminho, cuidando para que tudo transcorresse em ordem. Enquanto oLeia mais
Pe. Guillermo Carmona • O Padre Kentenich é para nossa Família de Schoenstatt um dos pontos centrais – um “ponto de contato”, dizemos – junto com a Mãe e o Santuário. Ele é também um exemplo da “Aliança que transforma”. Com sua história de vida poderia ter sido uma pessoa amargurada, rancorosa e vingativa; poderia ser deprimido e atormentado, como tantos prisioneiros do campo de concentração; e até ter renegado inclusive a Igreja, como aqueles que sofreram a injustiça e o autoritarismo de alguns de seus chefes… O que lheLeia mais
Pe. Guillermo Carmona, Director Nacional do Movimento de Schoenstatt na Argentina • Queridos irmãos na Aliança Todos os 18 de Outubro nos convidam a mergulharmos no mistério da Aliança para darmos graças e recordarmos as acções da Mater na história da nossa Família. Não seríamos o que somos se Ela não tivesse tocado o coração do Padre Kentenich e sugerido selar com Ela uma Aliança no Santuário. Esta memória activa dá-nos confiança e incendeia-nos o coração. A Aliança é como a sarça-ardente aos pés do Sinai que mudou a vidaLeia mais

Colocado em 20.07.2016In Artigos de Opinião

Independência

Por Pe. Guillermo Carmona, Director Nacional do Movimento de Schoenstatt na Argentina • Nestes dias, em que comemorámos (na Argentina) o Bicentenário da Independência, convido-vos a refletirem sobre o conceito de independência, mais para lá, do seu significado e implicação na história política. Podemos, neste sentido, interrogar-nos sobre o nosso ser independente e, como vivemos, positivamente, este atributo na nossa vida diária. A independência está interligada com a liberdade e a autonomia. Chegar a ser esse Homem Novo que Schoenstatt propõe, implica ser um Homem livre e autónomo, um HomemLeia mais
Pe. Guillermo Carmona, Director Nacional do Movimento de Schoenstatt na Argentina • Há poucos dias, o Papa Francisco publicou a Exortação sobre o casamento e a família: A alegria do amor. Um cântico à vida e à esperança. É bom lê-la, ainda no Tempo da Páscoa, no qual a luz resplandece sobre a obscuridade. Eu intitularia esta Exortação “O Evangelho da Família”. E, esta Boa Nova também o é para todos os que estamos e, somos Família de Schoenstatt. O Papa fala da família como o “sonho de Deus” e,Leia mais
Por Pe. Guillermo Carmona, Diretor do Movimento de Schoenstatt da Argentina, carta de aliança • No dia 19 de junho deste ano, o Papa Francisco reuniu-se com o Patriarca Sírio-Ortodoxo de Antioquia, Mor Ignatius Aphrem III. Depois de falar sobre a trágica situação da Síria, acabaram o encontro rezando juntos e embora existam diferenças entre ortodoxos e católicos, ambos asseguraram que “o que nos une é maior do que o que nos separa”. Sair ao encontro é procurar a comunhão: o que nos une e não o que nos divide. Por issoLeia mais