Pe. Alberto Rótulo

CUBA, Pe. Alberto, pároco de Maisí • As catástrofes têm prazo de validade mediático muito estreito. Não só nos meios de comunicação, mas também nos donativos solidários, nas orações, na memória. São, simplesmente tantas e, inclusivamente, as que têm algum vínculo pessoal que tocam os níveis mais profundos da alma, deixam de ser presente…Furacão Matthew? A Paróquia de Maisí na Diocese de Guantánamo, a Paróquia onde até Julho de este ano trabalhava um dos sacerdotes schoenstatteanos de Cuba? Foi em Outubro e, como em Cuba só houve danos materiais, osLeia mais