Magnificat Rótulo

Patricio Young, Chile • É sabido que em 18 de Janeiro de 2018, no Chile, a coroa da Mater foi roubada do Santuário de Bellavista. Foi no dia em que o Papa Francisco celebrou a Missa de Nossa Senhora do Carmo, no seu último dia no país. Este ano foi decidido coroá-la novamente e no meio disto surge esta reflexão.— Na publicação anterior deste site, “Deus quis falar-nos através das vozes dos tempos no Chile“, assinalava que este roubo é um sinal de que Ela queria “baixar-Se” e não continuarLeia mais
Patricio Young , Chile • Na minha opinião, no Chile, nossa Mãe nos falou fortemente nos últimos anos e não soubemos ou não quisemos ouvi-la. — Não acreditamos em coincidências, mas sim nas “Deusdências”. Nosso Padre dizia; “Nada é casual, tudo provém da vontade de Deus.” Sendo assim, diante da situação que vivemos como país, acredito que não soubemos ouvir sua mensagem a tempo, apesar que nos tenha dado grandes sinais. Quero fazer uma interpretação pessoal e compartilhá-la com vocês. Certamente podem haver outras tão valiosas ou mais que a minha. 18 de janeiroLeia mais
Pe. Juan Pablo Revegno • “Maria, a grande revolucionária. Até o Pai ousa dizer que nos deixámos vencer pelo bolchevismo, porque eles pegaram na bandeira dos pequenos, dos pobres e marginalizados, uma bandeira que, teríamos que ser nós a hastear, não pela marginalização e força, mas pela valorização que nos faz iguais em direitos e dignidade. Esta crise é uma nova oportunidade para que o Magnificat não seja património de novos totalitarismos ou populismos, mas de um cristianismo comprometido”. No meio da crise social no Chile, o Padre Juan PabloLeia mais