confinamento Rótulo

MÉXICO, Eduardo A. Shelley • Passaram 15 domingos, 105 dias, desde que a última Missa foi celebrada no Santuário “Maria, Caminho para o Céu” em Monterrey, México. Entretanto, a tecnologia tem sido muito útil, uma vez que temos estado em contacto com os padres e a comunidade através de video chamadas e da transmissão das Missas e Terços a partir da Casa do Movimento, mas nada substitui a recepção presencial das graças do Santuário, especialmente a do acolhimento. É por isso que a Missa do Domingo, 21 de Junho deLeia mais
ESPANHA, Manuel Carrasco• Só no sábado passado, dia 13, após um longo período de confinamento, tivemos a primeira Madrugada presencial. Participaram doze Madrugadores, dez de Madrid, mais os Padres Bladimir de Cuba e Franklin da Venezuela, ambos Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt, que estão a fazer alguns estudos pastorais que os manterão por aqui pelo menos por mais alguns anos.— Reunimo-nos no Santuário de Pozuelo de Alarcón (Madrid) para as primeiras orações e para agradecer à Mater por nos ter preservado da pandemia.  Assistimos a uma Eucaristia no Centro de PeregrinosLeia mais
MÉXICO, Gabriela de la Garza • Se alguém me tivesse dito, em Janeiro passado, que o meu mundo, o mundo, iria parar, que as pessoas saudáveis seriam convidadas a ficar em casa e a ter um distanciamento social, que a economia de todo o planeta seria afectada por um pequeno inimigo invisível chamado Covid-19, eu teria pensado que isso só era possível num filme de ficção científica. No entanto, a realidade superou os pesadelos mais loucos. — Esta pandemia que nos tem confinados nas nossas casas tem sido um grandeLeia mais
ESPANHA, Paz Leiva • Esta coisa do confinamento está a tornar-se longa. Mesmo com tanto tempo nas nossas mãos, estamos ocupados o dia todo. — Anteontem foi Quinta-feira Santa. A meio da tarde, uma WhatsApp fez-me fixar os olhos no meu telemóvel: é a Tita, de Viena, vou responder. “Estarei contigo daqui a pouco.” Demorei meia hora a chegar à minha amiga. A Tita estava “a lutar” com um texto do Padre Busse. Um texto profundo, cheio de humanidade, como o Padre Busse, alegre, cheio de esperança: com um alemãoLeia mais
ESPANHA, Paz Leiva • As pessoas valem muito mais do que seus governantes, mesmo supondo que este sabiam governar, o que é muito para supor. Digo isso por causa do que vivemos na Espanha desde que a existência do coronavírus se tornou conhecida. — Agora completamos oito dias de confinamento. Alguns de nós, por prescrição, estão em casa há mais tempo. Meu otorrino, que sabia a seriedade do que estava por vir, me deixou em reclusão há duas semanas. O mais estranho da situação foi ver como as agendas foramLeia mais