maría ayuda

Colocado em 2021-04-28 In Maria Ayuda

Uma viagem de Viña del Mar a Santiago que mudou vidas

CHILE, Maria Ayuda – Francesca Wüllfrodt •

Nas residências de Maria Ayuda, sempre se vivem processos cheios de beleza e esperança. Este é o caso de E., uma menina que, chegou ao Lar Padre Alfonso Boess em Viña del Mar em 2019, com a idade de sete anos, deixando para trás um contexto de consumo de drogas por parte da mãe e, de exposição a perigos graves que estavam em total violação dos seus direitos, incluindo uma queixa de possível abuso sexual. Isto desencadeou uma depressão na menina, o que levou mesmo a algumas tentativas de suicídio. –

Maria Ayuda

Com este pano de fundo infeliz, E. entrou na residência e o seu director encontrou-se com a notícia de que não havia parentes directos com quem trabalhar para a criação de novos vínculos. Mas, graças ao trabalho de busca da equipa da casa do Padre Alfonso Boess, liderada pela sua directora, Barbara Aguilera, chegaram ao avô paterno da menina, que contou a sua história e mostrou o seu interesse em fazer parte da vida de E. Coincidentemente, ele também a procurava pelos seus próprios meios, e conseguiu encontrá-la nesta residência, com a intenção clara de querer reparar os danos causados à menina.

Como resultado desta aparição, o seu próprio filho, e pai de E., impugna a sua paternidade através de um longo processo legal e empresarial envolvendo Maria Ayuda e Sename (Serviço Nacional para Menores). Com isto, iniciaram-se as avaliações do avô, um processo que foi extremamente bem sucedido, até mesmo acreditando-se o vínculo sanguíneo (ADN) com a menina.

O processo de vinculação entre o avô e a neta

O trabalho de vínculação começou, com este avô, sob rigorosa supervisão da residência, a viajar todas as semanas de Santiago para visitar a neta. Posteriormente, começou com alguns passeios dentro de Viña del Mar, que cumpriu sempre com grande responsabilidade e amor, até obter a autorização do tribunal que, lhes concedeu uma licença para E passar as férias de Natal e Ano Novo com a sua nova família. Datas importantes, muito emotivas para todos, especialmente para as crianças.

Durante o mês de Janeiro deste ano, a menina começou a ir, mais frequentemente, para a casa do avô, até que, em Fevereiro, E ficou a viver na sua nova casa.

Hoje é uma menina diferente

O seu caso foi tão bem sucedido que, até pôde ser dada de alta pelo Departamento de Saúde Mental, uma vez que anteriormente, e durante a sua estadia na residência, tinha tido sérios problemas. Hoje, ela é uma criança diferente, com uma linguagem diferente, uma maneira diferente de se vestir, um temperamento diferente, uma maneira diferente de expressar as suas emoções e cheia de harmonia com o seu novo círculo familiar.

As residências de Maria Ayuda trabalham em conjunto com um programa de famílias de acolhimento, que prestam apoio, atenção e acompanhamento aos casos que já foram arquivados, a fim de controlar o bem-estar da criança, para que ela nunca mais seja sujeita a qualquer tipo de violação.


María Ayuda é uma instituição fundada em 1983 pelo Padre Hernán Alessandri Morandé cuja principal função é a reparação e prevenção de maus tratos infantis (abuso, violência e negligência).

Página institucional: www.mariayuda.cl

Como ajudar
Faça uma doação
Conta bancáriana Europa:
Schönstatt-Patres International
IBAN: DE 33 4006 0265 0003 1616 03
BIC: GENODEM1DKM
VWZ: Maria Ayuda Chile

Mais informação: www.mariaayuda.cl

Maria Ajuda – Chile

Foto simbólica, iStock Getty Images

Original: Espanhol (25/4/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *