Colocado em 1. Janeiro 2020 In Projetos

Projectos que transformam vidas: os objectivos do V Congresso Internacional de Empresários e Executivos Schoenstatteanos

PARAGUAI, Claudio Ardissone •

Foi recebido com grande entusiasmo dentro da Comunidade Internacional de Empresários e Executivos de Schoenstatt (CIEES): quase dois meses após o congresso realizado no Paraguai em Outubro, Francisco Contardo anunciou que os primeiros vídeos das palestras proferidas neste evento já estão disponíveis no Schoenstatt Vivo e no Youtube. São as palestras de Joan Melé (ES), Tina Acosta (ES) e Eduardo Jurado (ES); assim como a participação da Orquestra de Instrumentos Reciclados da Cateura (ES). —

Que congresso? Embora ninguém tenha comunicado nada sobre o congresso na ocasião, aproveitamos a oportunidade para partilhar um resumo recentemente recebido em schoenstatt.org, já que este V Congresso da CIEES teve um grande impacto nos representantes das diferentes comunidades que, nele, participaram.

 

Congresso dos jovens

Pela primeira vez: uma Jornada de jovens empreendedores

Pela primeira vez, uma Conferência de Jovens Empreendedores foi apresentada como um evento preliminar ao Congresso, com o objectivo de aproximar o CIEES dos jovens empreendedores e executivos. Este evento gerou grande expectativa por causa dos temas abordados e incentivou os próximos organizadores no Chile a replicar o modelo no VI Congresso.

Talvez o maior impacto tenha sido nos jovens, que estavam muito interessados em participar nas actividades e projectos da CIEES Paraguai, tanto que a CIEES Jovem já estava formada, com uma coordenação no Conselho Paraguaio.

Vale lembrar que o Papa Francisco, juntamente com a “Economia em comunidade” do Movimento dos Focolares, convocou jovens economistas, empresários e estudantes para uma Jornada de intercâmbio e de estudo. “A Economia de Francisco” (The Economy of Francesco) é o evento que será realizado em Assis, Itália, e reunirá jovens economistas, empresários e estudantes de mais de 45 países, com o objectivo de promover uma economia mundial diferente.

O evento, que já tem mais de dois mil inscritos através do seu site oficial https://francescoeconomy.org/, será realizado de 26 a 28 de Março de 2020 em Assis e reunirá jovens de países como: Cuba, Brasil, Angola, Japão, Arábia Saudita, Estados Unidos e Portugal. Alguns schoenstatteanos também vão participar.

 

Vamos à acção.

O evento principal reuniu representantes de 9 países. A participação das mulheres foi destacada, pois  forneceram lições muito importantes sobre as novas gerações de trabalhadores e sobre o papel fundamental das mulheres na gestão das empresas.  Além disso, o Congresso deixou como resultado várias metas e objectivos, mas o mais destacado está resumido na frase “Vamos à acção” que nos mobilizará na implementação de projectos concretos que tenham impacto nas empresas, colaboradores e comunidades.

Somos chamados a transformar a vida das pessoas que trabalham em e com as empresas da MTA e o nosso compromisso é levar Cristo e Maria para as nossas organizações.

Pensando no objectivo da multiplicar, havia muito interesse em trabalhar para eliminar a pobreza das nossas empresas. Queremos que os nossos colaboradores vivam cada dia melhor e não só a nível económico, mas também para erradicar a pobreza espiritual e afectiva. Se trilharmos este caminho, certamente alcançaremos alta produtividade e eficiência nas nossas empresas e seremos capazes de gerar mais riqueza para a distribuir de forma mais justa.

Não menos importante é a tarefa de vincular, seguindo a pedagogia do nosso Pai e Fundador. Mas a vinculação deve gerar um impacto externo, beneficiando outros. Deve ser uma “missão” para a qual somos chamados a expandir o nosso viver schoenstatteano.

Este Congresso gerou um grande compromisso para o cumprimento da missão do Schoenstatt em Saída da qual tanto falamos.

Que os empresários e executivos que participam no Congresso tenham a vontade, a força e sobretudo a coragem de fazer projectos concretos que transformem vidas!

 

Fotos: Francisco Contardo, Claudio Ardissone

Original: espanhol (21/12/2019). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *