Colocado em 1. Setembro 2019 In Projetos

Jornadas de Manutenção: Uma forma de participação para toda a família!

URUGUAI, www.providencia.org.uy

No sábado, 22 de junho, foi realizado um dia de manutenção no Centro Educacional Providencia, em Montevidéu, Uruguai, onde trabalhamos em conjunto famílias, crianças e educadores para continuar melhorando nosso centro educacional. —

Esta instancia está inserida no marco do nosso projeto de participação e envolve um grupo de familiares referentes  que participam ativamente na construção de nossa casa comum. “Providencia faz parte da comunidade, se nutre da comunidade, é uma relação de ida e volta”, explica Carolina Naya, educadora e assistente social do Centro Educacional Providencia.

Os estudantes…

Em diferentes épocas do ano, educadores e famílias organizam jornadas de manutenção, onde são compartilhados como uma comunidade educativa. Tanto as famílias quanto os jovens dão ideias sobre o que gostariam de fazer para melhorar a Providência. Somando as ideias dos pais com a opinião de nossos alunos surgem iniciativas incríveis, porque realmente há espaço para que todos participem da construção do Centro Educacional. “A participação não é apenas ouvir o outro, mas sim que a pessoa seja efetivamente parte do processo de tomada de decisão, que ela possa dizer o que pensa, que se expresse livremente, mas que se sinta levado em conta, que faça parte desse processo e é aí que vamos, passo a passo, crescendo e aprendendo ”, diz Carolina Naya .

Por um lado, os alunos levantam, em assembleias gerais, as necessidades que consideram que a instituição tem e decidem sobre as ideias a serem concretizadas na jornada de manutenção. Eles também destinam tempo pensando em atividades para obter os fundos necessários para a jornada, como organizar uma festa, por exemplo.

… e os pais

Por outro lado, para os pais, há uma comissão que se reúne para pensar e organizar a jornada, “buscamos soluções para problemas concretos e propomos novas ideias” , diz Lourdes, mãe de Kailyn. Há um real envolvimento e empoderamento das famílias do centro: “Tudo que é proposto é feito, nos sentimos parte do processo de tomada de decisões, você se sente involucrada, você sente o que você fala e o que você quer é ouvido”, diz Lourdes.

Durante a jornada de manutenção, os pais da comissão são as referências dos grupos de trabalho e se vive um clima de horizontalidade e trabalho em equipe, “o que eu vejo é que no momento do trabalho não há ninguém que mande, mas todo mundo está presente para todos, todos trabalham juntos, desde o diretor até as crianças, e isso se percebe refletido ”, diz Lourdes; Há um empoderamento na construção da casa comum. Nessa atmosfera de convivência e família, há um momento de encontro e intercâmbio que permite compartilhar de outra maneira. É um momento de relaxar onde nos divertimos, nos conhecemos, famílias, educadores e crianças. “Os dias são super integrativos, nos ajudam a nos conhecermos mais, porque às vezes não nos encontramos todos os dias, então nos conhecemos melhor”, diz Lourdes.

Para o Centro Educacional Providencia, esses momentos são muito valiosos, fazem parte de nossa identidade e são fundamentais para que todos façamos parte da construção de nossa casa, “não consigo me imaginar sem essa troca com as crianças, com suas famílias e sem pensar coletivamente como uma comunidade”, reflete Carolina Naya. Nesse encontro se produz uma “transformação mútua, desde compartilhar visões, ideias, experiências e de tomar decisões em conjunto”, diz Carolina Naya. Essa é a essência de quem somos: Nada sem nós, nada sem vós“. 

Original: Espanhol. 25 de julho 2019. Tradução: Glaucia Ramirez, Ciudad del Este, Paraguai

www.providencia.org.uy

 

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *