Colocado em 16. Abril 2019 In Madrugadores, Projetos

Madrugadores de Punilla

ARGENTINA, Juan Barbosa •

Na cidade de La Falda, a 90 km da capital provincial de Córdoba, começou uma nova comunidade de Madrugadores e com enormes expectativas para continuar seus encontros na Capela do Sagrado Coração. La Falda integra uma cadeia de cidades pitorescas e aconchegantes que ao longo do vale de Punilla, adornam as serras montanhosas cordobesas trazendo para a região seu calor e proximidade. Cidades onde a Campanha do Rosário de Schoenstatt e a bênção de diferentes ermidas encontraram um forte eco e sua presença permanece com marcada fidelidade.—

Venha e … Lá fomos nós!

Dois jovens entusiastas de Huerta Grande (vizinha de Falda) “apareceram” em um Madrugada de Córdoba e os Madrugadores da Vida e da Esperança os receberam com grande alegria. Após as apresentações e conversas habituais, fez um convite: “Venham a Huerta ou para La Falda e fazemos uma Madrugada lá” … Gostaríamos muito, foi a resposta imediata e a visita foi confirmada com uma forte presença de viajantes que cruzaram as Serras e desfrutaram desse encontro no dia 30 de março.

 

Preparação previa e partida

Eles foram adicionados pouco a pouco e integraram um grupo do WhatsApp onde a foto do perfil era a oração que os membros do “Grupo Ruma à La Falda” rezavam diariamente. Era uma condição prévia para sua oração diária, já que nada pode ser feito sem que a Querida Mãe de Deus esteja presente em todos os momentos. A distribuição nos carros, os horários de encontro e partida, as tarefas de cada um … Tudo estava organizado e algo transbordava em todos os sentidos … em todas as direções … O enorme entusiasmo!

Pontualmente às 6:00 foram se encontraram no Santuário de Schoenstatt del Cerro, e com a última reza da oração que os acompanhou desde o início mais a oração de envio dada pelo Padre Juan José Riba (quem integrou a comitiva e celebrou a missa em La Falda) partiram os oito carros para às montanhas com uma premissa: pontualmente às 18:30 em todos os veículos se rezaria  um terço implorando a Mãe de Deus que ser estabelecesse como Rainha da Madrugada em La Falda.

Experiência inesquecível

Diego e Damián, os dois anfitriões, haviam prepararam tudo e a capela estava realmente muito bonita. Seus vitrais, sua construção em pedra maciça, sua madeira e a imagem do Sagrado Coração de Jesus, que presidia o altar-mor, estavam realmente emocionantes

A Santa Missa foi preparada com detalhes profundos e as canções escolhidas na cerimônia foram um júbilo para a alma. O Padre Juan José, em sua homilia, destacou a importância do papel do homem na Igreja e o fundamenta, o resultado de sua união, integração e inserção nela.

A canção final do “Hino de Madrugadores” encerrou a Missa e os rostos, em um começo um pouco fechados, com expectativas e sérios, agora estavam se tornando sorrisos contagiantes e olhares de alegria entre os vinte e oito participantes faziam palpitar um encontro pleno.

No café da manhã anterior, sob o sol da montanha, ao amanhecer, as conversas e risadas não se fizaram esperar, assim como a teia de sonhos entre os participantes …

Os Madrugadores de Punilla parecem começar a ser uma realidade!

 

Dia diocesano posterior

A raiz de este encontro se planificou uma Jornada Diocesana onde diferentes corações ardentes por Maria se reuniram na Ermida que foi restaurada com perfeição na sede do Movimento Apostólico de Schoenstatt tem em Huerta Grande. Que emoção de ver chegar a Grande Peregrina, que “madrugou” con os homens e foi recebida com aplausos e vivas depois de peregrinar pelas ruas da cidade ”

Um dia que dificilmente poderá ser esquecido em Punilla … ¡Viva la Mater !, foi a exclamação cujos ecos ainda ressoam nas colinas que emolduram esse belo vale.

 

Original: Espanhol. 3 de  Abril  2019. Tradução: Glaucia Ramirez, Ciudad del Este, Paraguay

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *