Colocado em 5. Agosto 2016 In Projetos

Em movimento com a confiança em Deus

ALEMANHA, por Maria Fischer •

Colónia, “domingo, o único 31 de julho de 2016, o dia que nunca será repetido”, o bem-humorado maquinista do Expresso Rhein-Sieg anunciou às 12:23 informando os passageiros da sua frustração por causa do atraso. “Se nós confiarmos em Deus, ainda iremos apanhar o combóio de ligação em Siegen.” Naquele momento os participantes na peregrinação a pé “Confie em Deus” tinham caminhado por mais de uma hora debaixo de aguaceiros de chuva através de Colónia, no sentido Brühl …

160731-gottvertrauen-aufbruch-1031 July: a polícia de Colónia, em estado de alerta

Desde o início da manhã Colónia estava em elevado alerta de segurança. A Praça da Catedral teve mais policiais do que turistas, canhões de água e ambulâncias estavam de alerta, e as ruas e o metro foram fechadas. Foi o dia em que era esperada uma grande manifestação contra o golpe militar na Turquia, juntamente com inúmeras manifestações de protesto de grupos políticos da direita e da esquerda. Assim, a chegada atrasada ao Santuário de Schoenstatt em Colónia incluíu alguma experiência de medidas de alta segurança. O som de hinos podia ser ouvido a partir do Elendskirche, mas a entrada foi bloqueada, como estava a porta lateral da igreja. A bagagem dos peregrinos tinha sido deixada no pátio, devido às medidas de segurança. Graças a WhatsApp e um telefone celular desbloqueado o portão foi finalmente aberto, mas …
No entanto o portão trancado foi a única coisa que nessa manhã de domingo, premaneceu da sensação desconfortável nos organizadores do projeto “Confie em Deus” quando foi anunciado que iria ter lugar a grande manifestação no mesmo dia em que há muito tempo eles tinham planeado partir em peregrinação. Os peregrinos reuniram-se com alegria no santuário em Colónia depois se fortalecerem com um bom pequeno-almoço. Deus não poderia ter indicado de forma mais clara a actualidade de “confie em Deus” do que através da enorme presença policial neste dia, num país ainda marcado pelos choques dos ataques terroristas das semanas anteriores. Muitas vezes Deus fala através de acontecimentos. Às vezes, ele grita.

31 July: Encerramento da Jornada Mundial da Juventude

No limiar do Elendskirche ainda é possível ver cinco estrelas amarelas um pouco descoloridas, e no santuário a luz com o símbolo da Jornada Mundial da Juventude ainda estava queimando. Em 2005 este santuário foi o “Schoenstatt Centre” no verdadeiro sentido da palavra, para a juventude que tinha vindo para a Jornada Mundial da Juventude em Colónia. Ainda são visíveis vestígios. Precisamente no momento em que os peregrinos a pé se reuniram para serem enviados no seu caminho, o Papa Francisco estava no Campus Misericordiae perto de Cracóvia, com 1,5 milhões de jovens, para celebrar a Santa Missa, enviando-os neste dia 31, Dia Mundial da Juventude. Ele disse-lhes: “O Evangelho de hoje fala-nos apenas de um encontro entre Jesus e um homem chamado Zaqueu, em Jericó (cf. Lc 19, 1-10). Jesus não se limita a pregar ou cumprimentar as pessoas; como o Evangelista nos diz, Ele passou pela cidade (v. 1). Por outras palavras, Jesus quer aproximar-se de nós pessoalmente, para acompanhar a nossa viagem até ao fim, de modo que a Sua vida e a nossa vida possam realmente encontrar-se. ”

Após uma extensa introdução no Elendskirche, onde há cinquenta anos o Padre Kentenich tinha surpreendido a Família de Schoenstatt de Colónia, pela celebração de uma “aliança de amor com Deus Pai” em nome de toda a Família de Schoenstatt, os peregrinos partiram com esse propósito: percorrer a cidade, a fim de levar esta aliança com o Pai misericordioso para as ruas e às pessoas que eles encontrassem ao longo do caminho; para encontrar Jesus no caminho, e encontrar Jesus nas paróquias onde estavam hóspedados essa semana.

160731-gottvertrauen-aufbruch-03

Equipo

31 de julho: Encontro através da confiança em Deus

No final da introdução, o padre Joachim Gayko – que tinha sido convidado pouco tempo antes pelo padre Hans Schnocks – abençoou os peregrinos individualmente. Em movimento com a bênção de Deus, em movimento enquanto confiando em Deus, este grupo colorido e variado de pensionistas, famílias, crianças e indivíduos vários, que se misturaram uns com os outros no percurso de suas peregrinações, até que no final eles chegariam para a Santa Missa no Santuário original, em Schoenstatt, no sábado seguinte.

Três anos de preparação intensa estavam por trás dos membros da equipa organizadora e muitas outras equipas quando eles partiram rapidamente, exatamente às 11:00. O Pe Gayko também partiu rapidamente para o seu próximo compromisso. O membro do schoenstatt.org, que só o tinha visto da porta da igreja, atreveu-se com confiança em Deus para lhe acenar e cumprimentá-lo: “Você é o Pe Gayko?” Quase quinze anos antes ele tinha dado os seus primeiros passos pastorais como diácono e padre recém-ordenado na paróquia de seu irmão, e o contato tinha permanecido. Era ele, e embora ambos estivessem com pressa para deixar Colónia, ainda ficaram alguns minutos juntos. A peregrinação tinha começado.

160731-gottvertrauen-aufbruch-04

Pe. Joachim Gayko

 

Mais informações sobre o conteúdo, idéias e desenvolvimento de “confiança em Deus”: www.gott-vertrauen.net (Alemão)

Original: alemão. Tradução: José Carlos A. Cravo, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,