Colocado em 2015-12-21 In Projetos

Delegar e permanecer “em linha”

ALEMANIA, Centro de Schoenstatt Memhoelz, por María Fischer •

Alguém já se havia antecipado ao tema do Jour Fixe para executivos, colocando-o em prática da seguinte maneira: “Eu deleguei a outra pessoa a decoração do refeitório para o café da manhã para senhoras, algo que gostava de fazer cada vez menos e assim pude aproveitar este tempo para dedicar-me a outras coisas que sim gosto de fazer!” Delegar. Não desligar-se, porque desligar-se tem algo de deixar cair, de jogar fora e, por isso, o melhor de nós mesmos reage ferido e nos coloca na defensiva, quando se nos aconselha que, por fim, nos desliguemos de algo – tarefas, filhos, amigos, trabalhos, temas, o que for. Delegar é outra coisa. É confiar, entregar algo, que é importante para mim, mas que não posso ou não quero fazer, a alguém que sabe como fazê-lo. Isso é possível. “É como o que me aconteceu recentemente com a coleta de roupa usada para os refugiados”, comentou um dos participantes durante o lanche que foi servido ao final do encontro. “Minha mãe nunca foi capaz de se desfazer da roupa de meu falecido pai, seja jogando fora ou a entregando a um estabelecimento comercial de roupa usada. E quando lhe diziam que tinha que livrar-se dessa roupa, ela chorava. Mas quando escutou sobre os refugiados na paróquia, a empacotou com todo carinho e a levou ao ponto de coleta. E está feliz com sua decisão”.

 Todos meus trabalhos são também tarefas?

Na empresa não se trata de roupa usada de uma pessoa amada que já não está entre nós.

Entretanto, sim se trata de delegar uma e outra vez, como explicou claramente o P. Leonhard Erhard durante o Jour Fixe em 14 de novembro, que contou com uma grande assistência. A grande pergunta é: Será que todos meus trabalhos são também minhas tarefas? O P. Erhard encorajou a descobrir as verdadeiras tarefas observando os talentos pessoais. As observações da vida real e concreta ajudaram a compreender os processos, de modo que, uma e outra vez, alguns dos participantes reconhecesse, com gestos ou com palavras, “é exatamente assim”.

A experiência da Providência reduz a experiência de solidão

Diz-se que, quanto mais alto, mais rarefeito é o ar, ou seja, a situação fica mais difícil e o termo “pico isolado” se compreende muito rapidamente quando, de repente, não há ninguém com quem falar. “Não queiramos ser “picos isolados”, mas ver que, a meu lado, há outros que têm talentos”, esse foi o conselho do P. Erhard.

Mas não apenas a meu lado. Também acima de mim. Ali há alguém com o dom de compreender e assumir tudo. O orador definiu o “delegar para cima” como “permanecer em linha”. Permanecer em contato com Deus, a quem posso entregar um pouco da minha carga (e às vezes também toda a carga).

A gente sabe o que acontece quando um autêntico “onliner” não tem uma rede, ou não pode se conectar, ou tem uma conexão muito, muito lenta. Quando o sinal WiFi colapsa ou quando as tarifas no exterior são tão caras que não pode conectar-se. O que não se faz para permanecer em linha (on line)!

Tente permanecer em linha com igual criatividade e preparado para o contato com Deus. Assim já pode sentir o espírito de Advento…

 Intercambiar também é delegar

Foram tantos os que chegaram ao Jour Fixe, sem ter feito inscrição ou fazendo-a de última hora, que a sala na verdade ficou pequena para o numeroso grupo de participantes. Durante o intercâmbio, enquanto foram oferecidos refrescos e lanches, todos estavam junto a todos. Mas precisamente nesse ambiente se deram muitas conversas, breves, boas, intensas… Que bem que o mercado de Natal ainda se encontrava aberto para as crianças, já que, tanto eles, como seus pais, não se desgrudavam do lugar.

“A reestruturação do escritório central foi tão complicada, que apenas se podia confiar em Deus”, disse uma das participantes, que participava por primeira vez. “Agora tudo está no caminho certo”.

151206-10-deu-jour-fixe

As próximas datas para os Jour Fixe já foram definidas: sãs as seguintes: 20/2/2016, 11/6/2016 e 29/10/2016.

O Jour Fixe para Executivos nas “Tendas Virtuais da Cultura de Aliança”.

Original: alemão. Tradução do espanhol: Lena Ortiz, Ciudad del Este, Paraguai

 

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *