Casa del Niño Villa Ballester

Posted On 2021-12-08 In obras de misericórdia

Basta visitar a Casa del Niño em Villa Ballester para encontrar histórias vivas de sucesso

ARGENTINA, Maria Fischer •

À nossa espera à porta da Casa del Niño “Maria de Nazareth”, neste dia chuvoso no final de Novembro: Tita Rodríguez, Karin Gyukits do Conselho de Administração, Diana Zdrojewski, assistente social e recentemente Directora da Casa, cada uma delas muito disposta a mostrar-nos como funciona hoje a Casa e as melhorias que, foram feitas desde a minha primeira e última visita em 2015. Vamos à cozinha, cumprimentamos as cozinheiras, vamos à sala Montessori, e de repente estamos em frente de histórias vivas de sucesso. Uma das cozinheiras e colega de trabalho de Nazareth Rodríguez na Sala Montessori é “Ex-Casa del Niño”.

Casa del Niño Villa Ballester

Cozinheiras

A “Casa del Niño María de Nazaret” em Villa Ballester, na área metropolitana de Buenos Aires, é um lar de dia que recebe cerca de 90 crianças dos 2 aos 14 anos de idade todos os dias, dando-lhes um lugar para descobrirem todo o seu potencial com dignidade.

As crianças provêm de famílias que vivem na Villa de emergência de 9 de Julio, adjacente ao lar. Literalmente: das janelas podem ver-se estas típicas casas de favela e se, se abrisse a porta traseira da capela onde se realiza a catequese todas as semanas, entrar-se-ia imediatamente na favela, onde as condições de vida das crianças são a pobreza e a marginalidade, submersas em vários vícios e na violência familiar e de vizinhança. Uma casa na periferia, aberta às crianças e às suas famílias para fortalecer o seu desejo de seguir em frente. Como a cozinheira, que durante anos recebeu apoio escolar, comida, cuidados médicos e, acima de tudo, amor neste lar de crianças. Tal como a jovem que já se formou como professora e que, se os donativos o permitirem, fará em breve o seu curso de Montessori, de mãos dadas com as pessoas da Casa del Niño que estão empenhadas em crianças como ela….

Sala Montessori

Sala Montessori

A pandemia, a solidão, o perigo

A época da pandemia foi difícil – foi apenas há meia dúzia de dias que conseguiram abrir completamente a casa e acolher de volta todas as crianças. Mantiveram contacto – com sacos de comida para as famílias, chamadas telefónicas, ajuda durante o longo período de encerramento das escolas. Após quase dois anos, voltam a fornecer o pequeno-almoço, o almoço e um espaço pedagógico e lúdico dirigido por uma equipa interdisciplinar de professores, uma assistente social, uma psicopedagoga e uma psicóloga que trabalham individualmente com cada criança e a sua família.

Com a chuva torrencial, fomos da cozinha para a Sala Montessori, um paraíso. Há mais de 10 anos, por instigação de um voluntário alemão especialista em pedagogia Montessori, o método Montessori foi implementado na Casa del Niño. A sala – montada e equipada com o apoio da Fundação argentina Maria Montessori – é limpa, brilhante e os cantos estão cheios de materiais que motivam e encorajam as crianças a procurar, descobrir e aprender através da brincadeira. Com orgulho, elas mostram o que pintaram e montaram. Faces cheias de felicidade, com sorrisos que conquistam.

Estas crianças merecem um lugar como este. Merecem pessoas como as que aqui trabalham. Merecem uma vida digna, uma infância protegida, um futuro…

Casa del Niño Villa Ballester

É a casa de Maria

“Verdadeiramente Maria é aquela que sabe como transformar uma gruta de animais na casa de Jesus com alguns trapos e uma montanha de ternura. E é também capaz de fazer uma criança saltar no ventre da sua mãe, como ouvimos no Evangelho. Ela é capaz de nos dar a alegria de Jesus. Maria é fundamentalmente Mãe. Bem, sim, parece que a Mãe é uma pequena coisa, não é, Maria é Rainha, ela é Senhora. Não, pararemos por um momento: Maria é Mãe. Porquê? Porque Ela trouxe Jesus até ti”. Palavras do Santo Padre Francisco na Audiência especial para Schoenstatt em 2014. Aqui na Casa del Niño, com a sua Ermida restaurada para ser novamente abençoada no dia 18 de Dezembro, Maria está aqui. Não apenas na Ermida, não apenas nas imagens nas paredes. Ela está nos professores, nas cozinheiras, nos voluntários, nos colaboradores…

Continuamos a nossa visita às salas onde as crianças da escola fazem os seus trabalhos de casa, brincam e riem. Um momento marcante: numa das salas encontro-me com a mulher do taxista missionário Javier! É uma professora reformada e encontrou aqui uma nova missão de vida.

A Diana mostra-nos tudo o que existe, sem esconder as necessidades.

Casa del Niño Villa Ballester

Ermida


A carpintaria e a sala de informática

Não nos mostra apenas onde uma nova pintura é necessária, mais luz, e todas as coisas que precisam sempre de ser consertadas. Ele fala da diferença entre as casas de banho que foram arranjadas e as que ainda estão à espera, ou a porta do pequeno escritório da directora que não fecha.

Mas o que mais a preocupa, percebe-se, são duas salas que estão fora de uso. Com uma certa tristeza ela mostra-nos, no primeiro andar, atrás do grande pavilhão desportivo, a oficina de carpintaria fora de uso. O carpinteiro que cuidava dela não podia continuar e morreu entretanto. Existem ferramentas, máquinas – “Mas isto não pode ser feito por voluntários, é preciso um certificado, por razões de segurança”. Aqui, em tempos anteriores, foram arranjados e feitos bancos e cadeiras da casa, também foram arranjadas as Peregrinas da Campanha. Foi também um lugar onde os pais das famílias encontraram uma forma de contribuir para a casa que dá tanto aos seus filhos. Há carpinteiros que queiram oferecer os seus serviços?

Há também uma sala com computadores. Seria tão importante ajudar as crianças com computadores, mas é necessário consertar os computadores e encontrar uma pessoa que possa oferecer cursos…


Alguns procuram um lugar mais bonito. Outros criam-no

Alguns procuram um lugar mais bonito. Outros criam-no. Isto é o que diz um quadro na área da entrada. Aqui eles criam-no.

Enquanto fizemos o nosso passeio pela casa e conversámos com Tita, Karin e Diana sobre como continuar com histórias reais da Casa del Niño, como ajudar na angariação de fundos a partir de schoenstatt.org, as crianças já almoçaram e estão prontas para ir para casa – como todas as quintas-feiras, com comida preparada para as suas famílias. Um saco, e uma meia laranja….

E sorrisos que nunca vou esquecer.

Casa del Niño Villa Ballester

Como colaborar
Donativo através da página da Casa del Niño

Conta Bancária na Europa (Padres de Schoenstatt)

Nome: Schoenstatt-Patres International
IBAN: DE22 4006 0265 0003 1616 07
BIC: GENODEM1DKM
Transferência ao cuidado de: Casa del Niño Villa Ballester

Pagina oficial

Casa del Niño Villa Ballester

Original: espanhol (6/12/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Tags : , , , , , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published.