Venezuela

Colocado em 2021-10-31 In Campanha

Bênção de Santuários-Lar na Venezuela

VENEZUELA, Xiomara Mora, Coordenadora da Campanha da Mãe Peregrina Valencia, Estado Carabobo •

No 107º aniversário da fundação do Movimento de Schoenstatt, celebrado a 18 de Outubro, os Santuários-Lar de sete aliados do grupo de Schoenstatt no Estado de Carabobo, Venezuela, foram abençoados. Fizeram-no virtualmente, na Santa Missa oficiada pelo Padre Esteban Casquero, transmitida pelo YouTube a partir de Buenos Aires, Argentina. —

Durante a Missa, os aliados que frequentam a Escola da Fé Prática na Divina Providência, receberam também a bênção especial pela conquista do Símbolo do Pai para os seus respectivos Santuários-Lar.

Durante os últimos dias, foram recebidas numerosas graças e bênçãos, tais como a chegada de um novo membro, um aspirante a fazer a Aliança de Amor, mais o “sim” de quase todas as senhoras do grupo para a criação do Ramo das Mães na nossa região de Carabobo.

Grupo de apoio na Costa RicaVenezuela

Estes frutos são o resultado de mais de um ano e meio de trabalho remoto da Comissão de apoio organizada pelos schoenstatteanos venezuelanos residentes na Costa Rica, que têm o apoio de uma das dirigentes da Venezuela, Xiomara Mora. Além de ser a Coordenadora da Campanha da Mãe Peregrina em Valencia, Estado de Carabobo, Xiomara pertence ao grupo de senhoras que rezam as Laudes ao amanhecer todas as quintas-feiras.

O grupo de apoio foi uma iniciativa do Pe. José Luis Correa Lira, Coordenador Continental do Movimento Apostólico de Schoenstatt na América Latina. Surgiu no meio da pandemia, em resposta ao desejo de um grupo de senhoras na cidade de Barquisimeto. Esta Comissão de apoio formada por casais, mulheres profissionais, Madrugadores e o Ramo das Mães oferece o seu serviço aos irmãos e irmãs na Venezuela, que têm trabalhado para a sua auto-educação e cada dia crescem no seu compromisso de amor à Mãe.

Nas fotos, é possível ver várias imagens Peregrinas. Trata-se de casas dos missionários da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt, que não têm imagens fixas nos seus Santuários-Lar. Levam e trazem as imagens da Mãe Peregrina porque têm medo de as perder, vão rezar pelas casas e a Mãe regressa.

 


Colaboração: Elisa Ramírez, Costa Rica

Original: espanhol (29/10/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *