Colocado em 2019-06-29 In Campanha

Muitas formas e lugares para levar a Mãe Peregrina

INGLATERRA, Mary Cole •

Um pequeno mas animado grupo de missionários da Mãe peregrina se encontrou no sábado, 1º de junho, no Santuário de Kearsley. Escolhemos o sábado mais próximo da Festa da Visitação porque é a festa do Peregrino da Mãe rainha. —

Testemunhos mundiais da Mãe Peregrina

A jornada começou com testemunhos. Os jovens voluntários do Santuário deram o pontapé inicial com Ignacio, que falou sobre a Campanha da Mãe Peregrina no México e o que eles estão fazendo aqui no Reino Unido. Ele foi seguido por Jessica, do Paraguai, que levará Peregrina para Londres, onde estudará.

Algo que disse particularmente chamou nossa atenção: Além da imagem “tradicional” da Mãe Peregrina que visita regularmente as famílias, há outras maneiras, todas nascidas de diálogo entre as vozes de tempo, as vozes de alma e o chamado pessoal de missioneiro. Assim, temos a Mãe Peregrina para jovens, para crianças, para prisões, para serenidade e confiança, no espírito da irmã Emilie que visita pessoas que sofrem de ansiedade, uma pequena para bebês e crianças em risco de vida, uma menor que é confiada aos “pequenos missionários” (crianças), uma branca chamada Peregrina Doce Espera para casais que desejam um bebê, a Peregrina para os doentes, uma em alto relevo para os cegos, a Peregrina fundacional que se envia para lugares onde não há Movimento organizado de Schoenstatt (como Iraque, Líbano, Síria, Venezuela, Rússia, Uganda) e muitos mais.

Brian Scott falou comoventemente sobre o “trabalho” da Mãe Peregrina em casa, onde ele trouxe os membros da família para uma fé mais viva.

 

Uma missa, um terço iluminado, e possibilidades expectantes

A Santa Missa foi transferida do santuário para a sala de estar para acomodar a todos, e foi seguida por um almoço alegre. As senhoras da paróquia cuidaram de nós e somaram a atmosfera jovial.

Após o almoço, tivemos um intercâmbio geral sobre como difundir o apostolado da Mãe Peregrina. Se apenas algumas das sugestões se tornarem realidade, teremos dado um grande passo.

No final, rezamos o “Rosário de Luzes” (terço iluminado), apagando as luzes antes de iniciá-lo. Isso contribuiu para uma atmosfera de maior devoção e paz.

Naquele dia, três imagens da Mãe Peregrina foram enviadas e mais três pessoas aguardam as que chegarão da Alemanha. Seis foram encomendadas!

Para aqueles que querem ficar com a Mãe Peregrina, existem versões menores de plástico provenientes da Escócia, como um começo para um Santuário Lar.

 

Original: Inglês 13/06/2019, Tradução: João Luiz Pozzobon, Santa Maria, Brasil.

 

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *