Colocado em 7. Outubro 2018 In Campanha

Mãe Peregrina nos Camarões

SANTUÁRIO ORIGINAL / Camarões, Mary Cole •

Cameroon Vieter Baumberger Schoenstatt

Pe. Alois Baumberger, Camarões

No dia 18 de setembro, assisti à Santa Missa às 8 da manhã no Santuário Original, no início da qual o padre António Bracht, que presidiu à celebração, apresentou o padre Alois, que em breve voltaria para os Camarões. Ele também disse que iria abençoar dez imagens da Mãe Peregrina (sem molduras) que o padre Alois levaria para os Camarões. Só mais tarde eu descobri que ele é o padre suíço Alois Baumberger, membro da Federação dos Sacerdotes Diocesanos de Schoenstatt, que passou toda a sua vida sacerdotal trabalhando em África.—

Depois da missa e da bênção das imagens, o padre Alois falou-nos mais sobre si mesmo e por que levava consigo a Mãe Peregrina. Pelo que me lembro, ele disse que foi chamado ir para o “mato” para construir um local de peregrinação mariana nos Camarões.

O Pe. Alois espera que a Mãe Peregrina atraia muitas pessoas para o local de peregrinação, onde uma grande imagem da MTA é venerada. A Igreja nos Camarões remonta à obra do Bispo Vieter, bispo palotino, que dedicou o país a Maria, Rainha dos Apóstolos. O povo dos Camarões tem uma grande devoção ao bispo Vieter.

 

Foto: Bistum Limburg Vieter Cameroon Alois Baumberger

Bispo Vieter

Chamou-me especialmente a atenção quando ouvi falar do bispo Vieter, porque sabia que ele foi o bispo que ordenou o padre Kentenich sacerdote em 8 de julho de1910.

Oremos para que nossa Mãe e Rainha ajude o povo que sofre nos Camarões.

Original: Inglês, 3. OUTUBRO 2018. Tradução: José Carlos A. Cravo, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *