Colocado em 2020-09-03 In A Aliança de Amor Solidaria em tempos de coronavírus

O Santuário-Lar em tempos de pandemia

ARGENTINA, Romina e Ariel Guzzeti •

Há cerca de três anos, um casal amigo convidou-nos para um retiro em Schoenstatt. Pouco a pouco começámos a conhecer esta nova Família que, nos abriu o seu coração e partilhou connosco o seu caminho de vida na fé. Foi assim que conhecemos o Santuário da Libertação de Schoenstatt, situado no centro da cidade de La Plata, ao pé da catedral. —

Começámos a crescer na fé e, juntamente com outras quatro famílias, formámos o grupo a que chamamos “Nada sem ti” da Liga das Familias de Schoenstatt. Desde então, aquela pequena capela que, só visitamos uma vez por ano pela Semana Santa, tornou-se o centro da nossa vida familiar como filhos de Deus e sob a protecção de Maria.

Em Novembro de 2019, sob a coordenação de dois casais, chegámos ao Santuário para fazer a nossa Aliança de Amor com Maria, um compromisso de nos entregarmos no “Nada sem Ti, nada sem nós”. Desta forma, terminámos um ano cheio de bênçãos na família da forma mais bela: como aliados de Maria.

Alianza de Amor, 2019

Aliança de Amor, 2019

2020, o ano do vírus

Começou 2020 e o vírus que se estava a espalhar pelo mundo chegou ao nosso país. Fronteiras, escolas, templos, igrejas foram encerrados e todas as reuniões entre várias pessoas foram adiadas. O desafio de adaptação à nova realidade, pela mão de Maria como filhos de Deus, estava diante de nós. Deste modo, foram sendo construídas novas formas de se celebrar a alegria, de se acompanhar na tristeza, de se ser solidário, de se abrirem novos espaços de escuta, de compreensão, de Missa dominical, de oração e de bênção.

As nossas reuniões de grupo não foram uma excepção a esta mudança. Adaptámo-nos às plataformas digitais, dentro das nossas casas e longe do Santuário que, nos abrigou até ao início do ano. Contudo, estas mudanças permitiram-nos aprender e aprofundar a nossa compreensão do inestimável presente que o Santuário-Lar é para cada pessoa e família em Schoenstatt.

Um Santuário-Lar em plena pandemia

Quando começámos a trabalhar sobre o conhecimento e a benignidade do Santuário-Lar, perguntámo-nos sobre a necessidade de os abençoarmos em plena pandemia e no isolamento social. Compreendemos então que, neste tempo adverso, era o momento certo para dar o nosso SIM a Maria, SIM para A receber, agora e para sempre, na nossa casa, SIM para Lhe dar toda a nossa vida diária, as tristezas e alegrias, SIM para fazer da nossa casa uma Igreja doméstica, neste tempo tão especial.

O contexto que nos acompanha, hoje em dia, não é fácil. A angústia dos amigos e familiares devido à doença causada pelo COVID-19 afecta-nos de perto. A preocupação de todos com a situação social e económica e a incerteza produzida pelo avanço da pandemia no nosso país é uma ocorrência diária. Tudo isto, que para nós é difícil de suportar, entregamos nas mãos de Maria no nosso Santuário-Lar, com a certeza de que Ela vive connosco e recebe isto que Lhe oferecemos hoje. Ela está presente como Mãe fiel e protectora, e através do Santuário-Lar, uma extensão do Santuário de Schoenstatt, somos abençoados com as Suas graças que, a cada passo, são visíveis: o Abrigo, presente na paz de sabermos que estamos enraizados no coração de Deus, a Transformação, fortalecendo-nos como esposos e família na convivência exclusiva que, este tempo de isolamento nos deu, e o Envio, levando o nosso Santuário-Lar, a nossa fé e a nossa esperança àqueles que mais precisam delas hoje.

Bênção do Santuário-Lar

Pela tua mão, Maria

Assim, no dia 15 de Agosto, através do Pe. Javier Arteaga, recebemos a bênção virtual do nosso Santuário-Lar, a que chamamos “Pela tua mão, Maria”. A nossa oração de bênção reflecte o nosso desejo de vivermos conduzidos e cuidados pela Mãe e Rainha das nossas vidas.

Demos à Mãe de Deus a consagração do Santuário-Lar no dia da sua Assunção e no dia em que a família de La Plata celebrou o 55º Aniversário do Santuário de Schoenstatt de La Plata. A cerimónia de bênção, em formato virtual, foi repleta de emoção, alegria, e fé. Os nossos filhos Lucio, Franco, Álvaro e Paulina acompanharam-nos, leram connosco a nossa oração de consagração e tivemos a graça de partilhar este momento com a família e amigos de todo o grupo.

Pode ser que a pandemia e o isolamento social nos levem a estar fisicamente longe do nosso Santuário por mais algum tempo, mas é certo que o coração da nossa Mãe Maria Se abre em cada lar, vive entre nós e derrama as suas graças. O 15 de Agosto de 2020 permanecerá gravado na nossa memória e nos nossos corações. “Pela Tua mão, Maria” continuaremos a crescer na fé juntamente com toda a Família de Schoenstatt.

Toda a família

Original: Espanhol (1/9/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *