Colocado em 2020-05-07 In A Aliança de Amor Solidaria em tempos de coronavírus

Nogoyá: Alimentos, Máscaras e Catequese

ARGENTINA, Claudia Echenique e Tita Ríos •

Que 50 crianças ficassem sem um lanche e sem catequese? Era difícil de acreditar. Um grupo de missionários da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt na cidade de Nogoyá, Entre Rios, organizou-se, com todos os cuidados preventivos necessários, para continuar a oferecer esta pequena ajuda às famílias da Ermida da Mãe de Schoenstatt. Porque em muitos lugares, a vida passa pelas Ermidas. —

Devido à pandemia e ao isolamento social obrigatório, todas as actividades de grupo foram suspensas, incluindo a catequese e também o lanche da tarde para as 50 crianças que, todas as semanas, se reuniam no salão da Ermida. O Barrio Chañar é uma zona humilde habitada por fabricantes de tijolos, pessoas que vivem do fabrico de tijolos.

Organizar-se e pedir autorização para servir

Um grupo de missionários decidiu organizar-se para poder continuar a ajudar estas crianças e as suas famílias. A primeira coisa era pedir autorização ao município local para realizar a actividade. Foi também necessário pedir autorização ao Chefe de Polícia local para circular nas ruas e ao Pastor Jorge Bonin para abrir a Ermida e realizar este trabalho pastoral.

Uma vez obtidas as autorizações, um grupo começou a coser máscaras, outro a preparar as actividades de catequese que dariam às mães para fazerem com as crianças nas suas casas. Finalmente, foi necessário procurar donativos de alimentos.

 

Cada um dá os seus cinco pães e o Senhor multiplica-os.

Belén Medina, missionária, comenta: “Queremos agradecer às padarias “La Nena” e “La Gurisa” pelo donativo de scones e pastelaria (dois tipos de biscoitos); Carina Gómez por nos oferecer leite, farinha e açúcar; Patricia e Mili pela sua colaboração, Marisa Vargas que nos acompanha sempre, e a cada uma das famílias que anonimamente nos trazem roupas, casacos, material escolar e comida. A todos eles um grande OBRIGADO. Deus e Nossa Senhora vos recompensarão com muitas bênçãos”.

Finalmente, chegou o dia em que puderam dar às famílias das 50 crianças os seus alimentos, as máscaras e o material de catequese.

Uma Ermida com história e liderança

A ajuda social sempre foi oferecida a partir desta Ermida, com actividades lideradas por Elsa Garcia, fundadora do Movimento Apostólico de Schoenstatt em Nogoyá. Por esta tarefa, no ano de 2016, Elsa foi reconhecida como uma das mulheres do ano pela Câmara de Senadores da província de Entre Rios.

 

Original: espanhol (4/5/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *