Colocado em 2020-06-03 In A Aliança de Amor Solidaria em tempos de coronavírus, Aliança solidária

Rezemos por El Salvador

EL SALVADOR, Maria Fischer •

No Domingo, 31 de Maio, a tempestade Amanda deixou um rasto de destruição e morte ao passar pelo norte da América Central, onde 18 pessoas foram mortas e inúmeras casas e estradas foram destruídas, especialmente em El Salvador, o país mais severamente atingido. Segundo dados oficiais divulgados em San Salvador, o meteoro afectou 24.125 famílias, cujas casas foram total ou parcialmente destruídas. Também foram relatados 154 deslizamentos de terra, dos quais 83 foram “graves”, portanto o trânsito foi restringido. Como estão os schoenstatteanos em El Salvador? E o que podemos fazer pelas pessoas afectadas pelo desastre natural em plena pandemia? —

 

Toda a família está bem graças a Deus“, confirmou Isidro Pereira, da Costa Rica, a trabalhar com a sua mulher Patrícia para a fundação de Schoenstatt em El Salvador. “Muito obrigado por estarem atentos. Quanto a nós tudo bem, mas o país sofreu muito”, comentou René López, do primeiro grupo de Famílias de Schoenstatt do país.

Falámos com Lee Aguiñada, coordenador de Schoenstatt em El Salvador: “Não parou de chover toda a noite. Infelizmente depois da tempestade tropical  Amanda e da devastação que causou durante o fim-de-semana, uma onda tropical entrou, não tão intensa como a outra, mas o nível de água acumulada é muito alto e há muito perigo nas áreas em risco. Neste momento em San Salvador a chuva acalmou, mas nos outros departamentos continua. Estamos unidos em oração. Obrigado pela vossa atenção”.

Na Costa Rica, um país vizinho muito vinculado com todos os países da América Central, em plena fundação de Schoenstatt, estão a ser oferecidas Missas e o Terço por toda a América Central, não só devido à tempestade, que já entrou nas Honduras, mas também em geral devido à situação da pandemia; porque nenhum hospital, nem público nem privado, dispõe de camas para atender casos de Covid, nem qualquer outro. Os casos estão a aumentar. Deus nos proteja a todos! Na segunda-feira rezámos pelo Panamá, hoje terça-feira pela  Honduras, amanhã pela Nicarágua (já para não falar da sua situação), quinta-feira por El Salvador, sexta-feira pela Guatemala e sábado pela Costa Rica. Isto é o que Luli Rosabal e Michelle Ramírez nos dizem.

Unimo-nos aos nossos irmãos da América Central

Muitos membros da equipa de schoenstatt.org, que tinham renovado a sua Aliança Solidária e o seu compromisso com a missão de Schoenstatt no dia 31 de Maio, começaram imediatamente a rezar pelos schoenstatteanos e por todo o povo de El Salvador – da Espanha, México, Alemanha, Argentina, Chile, Paraguai, África do Sul, Venezuela, Panamá…”Em plena pandemia, crise, fome, falta de trabalho… só se olha para o que nos rodeia”, admite um colaborador chileno. “Ponho-me em oração.”

 

Original: espanhol (2/6/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *