Colocado em 15. Outubro 2016 In Aliança solidária, obras de misericórdia

Em Aliança de solidariedade com as vítimas do furacão Matthew nas Caraíbas

CUBA/INTERNACIONAL, Maria Fischer

Mais de 850 mortos no Haiti, oito na República Dominicana – os danos causados pelo furacão Matthew ainda não podem ser totalmente avaliados. Muitos lugares não podem ser alcançados, porque pontes desabaram, deslizamentos de terras fecharam as estradas e inundações isolam-nos do mundo exterior. Uma avaliação inicial conta com a destruição de vinte mil casas. Tudo isso aconteceu num país que ainda não está totalmente recuperado do grave terremoto de 2010 e é o país mais pobre do continente americano. Territórios do leste de Cuba foram violentamente atingidos, sobretudo na província de Guantánamo. Baracoa, a cidade mais antiga da ilha, que foi fundada há 505 anos, terá sido a mais atingida e não pode ser alcançada por terra. As primeiras fotos mostram pessoas totalmente desesperadas rodeadas por ruínas. A cidade foi completamente destruída. Três outros lugares encontram-se numa situação semelhante: San Antonio del Sur, Imias e Maisi.

 

Maisí … a minha paróquia. Deve estar totalmente destruída

Maisí – você pode encontrar uma etiqueta “Maisí” no schoenstatt.org. A paróquia do padre Rolando Montes, um membro da Federação dos Padres de Schoenstatt, que está atualmente a estudar em Roma, e que há poucos dias pediu orações para a ilha quando o furacão se aproximava.

“Maisí – a minha paróquia! Está ainda sem contato com o mundo exterior e ainda sem ajuda. Deve estar completamente destruída. Barbacoa, uma cidade vizinha e com muito melhores edifícios, não foi tão duramente atingida pelo furacão, mas está completamente destruída. Eu vi fotos. Deve ser pior em Maisi. “Quando o padre Rolando, a pedido do seu bispo, partiu para Roma, ele deixou para trás a sua imagem da Mãe Peregrina. “As pessoas que ela visita precisam dela.” Elas precisam dela ainda e cada vez mais. “Podemos fazer alguma coisa para ajudar as pessoas de alguma forma?” Essa foi a minha pergunta, durante uma breve conversa via Whatsapp esta manhã. Foi uma resposta espontânea a nossa solidariedade em aliança. Tornou-se particularmente urgente agora que eu sei que não é apenas Cuba, mas especificamente a sua paróquia, que precisa de ajuda prática. A sua resposta espontânea foi “Rezem”.

Então, muito humildemente: “Eu tenho uma possibilidade de enviar dinheiro. Se alguém quiser doar, eu sei de uma maneira. ”

Esta é a hora de chamar a nossa solidariedade em aliança, o lado mais belo de Schoenstatt.

img_0026P. Rolando Montes, de Cuba

Por favor, doe aqui para as vítimas do furacão Mateus em Maisí:

o via este Link

 

ou por Transferência Bancária:

Schoenstatt-Priesterwerk e.V.

IBAN DE49 4006 0265 0003 3849 00

BIC GENODEM1DKM

Motivo da transferência: Cuba Maisi

O Video mostra o impacto do Furacão Matthew em Cuba

Estragos provocados pelo Furacão Matthew em Cuba podem ser vistos nestas fotos

Original: Espanhol. Traducão : José Cravo, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,