Colocado em 2015-11-18 In Aliança solidária

Em aliança solidária com Paris

por redação de schoenstatt.org •

Todos somos Paris. Todos somos França. “Ainda estou estremecida pelo acontecido esta noite em Paris, é incrível até que ponto o fanatismo pode chegar”, diz um membro da redação de schoenstatt.org. Faltam palavras em momentos como os desta noite, momentos de horror, de sofrimento, de morte. Sente-se uma solidariedade quase natural, humana, um sentir ser família humana, compartilhando a dor dos irmãos de Paris. Apesar de que mesmo nesses momentos existam aqueles que se aproveitam da dor para sua propaganda contra os refugiados.

O Papa Francisco disse hoje que os atentados de Paris “não têm justificativa nem religiosa nem humana. Isto não é humano”, numa breve declaração feita para o canal de televisão TV200, da Conferência Episcopal Italiana.

“Estou comovido e sinto dor. Não entendo estas coisas, são difíceis de entender, feitas por seres humanos. Por isso estou comovido, com dor e rezo”, declarou o pontífice por telefone.

“Estou muito próximo ao povo francês tão amado, estou próximo aos familiares das vítimas e rezo por todos eles”, declarou na entrevista.

«O Papa Francisco se une com a oração ao sofrimento das famílias afetadas por este drama assim como a dor do povo francês», se lê num telegrama enviado pelo Cardeal Secretário de Estado, Pietro Parolin ao Arcebispo da capital francesa. «Uma vez mais, o Santo Padre condena com vigor a violência, nada resolve, e implora a Deus inspirar em todos pensamentos de paz».

Texto completo do telegrama:

Senhor Cardeal André Vingt-Trois, Arcebispo de Paris

Informado dos horríveis ataques terroristas que ocorreram em Paris e no Estado da França, causando a morte de numerosas pessoas e ferindo muitas outras, Sua Santidade o Papa Francisco se une com a oração ao sofrimento das famílias afetadas por este drama assim como a dor do povo francês. Ele invoca a Deus, Pai de misericórdia, que acolha na paz de sua luz as vítimas e conceda consolo e esperança aos feridos e a suas famílias. Assegura também sua cercania espiritual a todas as pessoas que participaram nos trabalhos de socorro. Uma vez mais, o Santo Padre condena com vigor a violência, que nada resolve, e implora a Deus inspirar em todos pensamentos de paz e de solidariedade e derramar sobre as famílias afetadas e sobre todos os Franceses, a abundância de suas Bênçãos.

Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado de Sua Santidade

Um ataque contra a paz de toda a humanidade

“Este é um ataque contra a paz de toda a humanidade que requer uma resposta decisiva e solidária por parte de todos nós para neutralizar a difusão do ódio homicida em todas suas formas”, assinala uma declaração do diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sede, padre Federico Lombardi SJ.

O padre Lombardi, afirmou que desde o Vaticano seguem de perto os graves atentados perpetrados em Paris (França) e, juntamente com o Papa Francisco, expressou sua mais radical condenação a estes feitos sem precedentes que cobraram a vida de mais de 150 pessoas.

“Estamos surpreendidos por esta nova manifestação enlouquecida de violência terrorista e de ódio que condenamos do modo mais radical juntamente com o Papa e com todos os que amam a paz”, indica o texto.

“Rezamos pelas vítimas, pelos feridos e por todo o povo francês. Este é um ataque contra a paz de toda a humanidade que requer uma resposta decisiva e solidária por parte de todos nós para neutralizar a difusão do ódio homicida em todas suas formas”, conclui a declaração.

Unidos em oração

O canal de televisão católico de França KTO pediu a sua audiência rezar esta noite pelas vítimas dos atentados de Paris desde a gruta das aparições da Virgem de Lourdes.

Graças à tecnologia, pode-se visitar por vídeo em direto e em tempo real o famoso santuário francês onde a Virgem Maria apareceu para a humilde Santa Bernardita Soubirous em 1858.

Somos todos Paris. Rezemos pelas vítimas, os feridos, os médicos, os servidores, as famílias angustiadas… Rezemos em nossos santuários, em aliança solidária com Paris, com França, e cada ser humanos vítima de ódio e fanatismo.

Fotos: Twitter

Original: Espanhol. Tradução: Lena Ortiz, Ciudad del Este, Py

 

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *