Colocado em 2015-08-20 In Aliança solidária

Um guindaste tombou sobre a casa “Magnificat” e a Casa dos Padres em Asunción, mas… “A Mãe não deixa de cuidar os seus”

PARAGUAI, José Argüello e María Fischer •

“É o que se chama uma ‘desgraça com sorte’”, comenta José Argüello, apenas para corrigir-se em seguida: “Não, se chama: A Mãe não deixa de cuidar os seus”. 201508170926501

Um guindaste tombou esta segunda-feira na Avenida Boggiani, esquina Ceferino Vega. O caminhão guindaste de grande porte, de aproximadamente 220 toneladas, realizava a desmontagem da torre que utilizavam os operários na construção do edifício Miami, na área.

Ao que parece, o veículo não estava corretamente estabilizado, por isso perdeu o equilíbrio e tombou sobre a calçada.

O braço hidráulico do guindaste caiu inteiro sobre o teto da Casa Magnificat, casa das Irmãs de Maria e das ramas femininas do Movimento de Schoenstatt, e também provocou danos na cozinha e em alguns cômodos da Casa dos Padres de Schoenstatt, que está ao lado.

Sonia Cabral, do movimento de Schoenstatt, disse hoje numa conversa com a rádio 780 AM que foi uma “desgraça com sorte” que não afetou gravemente a ninguém. “A casa não estava vazia. Estava o padre Nicolás, estavam três enfermeiros, seminaristas, enfermeiras”, contou Cabral.

Causou também um corte de energia que ainda persiste no bairro Villa Morra de Asunción.

Apesar de danos significativos em ambas as casas, e que a cozinheira da casa dos Padres feriu-se levemente no acidente, há uma gratidão enorme já que não houve mortos e mais feridos neste acidente espantoso.

Em aliança solidária, nos unimos em agradecimento, mas também em oração por todos os que, esta manhã, sofreram um susto enorme e danos em suas casas.

20150817081917

 Original: Espanhol – Tradução: Lena Ortiz, Ciudad del Este – Paraguai

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *