bolsas de caridad

Posted On 2022-11-06 In obras de misericórdia, Projetos, Schoenstatt em saída

Sacos de caridade para 270 famílias, graças aos santos sociais

EQUADOR, Pe. Rafael Amaya •

Uma longa fila de homens e mulheres de diferentes idades, muitos deles com crianças pela mão ou nos braços, aproximavam-se do Santuário de Schoenstatt em Quito, na primeira quarta-feira de Novembro, como todas as primeiras quartas-feiras do mês desde o início da pandemia. Sem aglomeração ou luta por um lugar na frente, esperaram pacientemente, com esperança e gratidão, pela sua vez de chegar. Eles são os peregrinos do Santuário, os privilegiados de Maria, aquela humilde serva do Senhor. —

O Santuário de Schoenstatt em Quito, perto do teleférico, com o seu impressionante toldo digno de um lugar sagrado, foi construído há mais de 25 anos, é administrado pelos Padres e o seu terreno tem quatro hectares e meio. No mesmo local, existe uma escola que oferece educação gratuita a mais de 260 estudantes de baixos rendimentos dos sectores do noroeste da capital.

bolsas de caridad

Um Santuário Social

Actualmente, além de oferecer bolsas de estudo a crianças e jovens para estudarem gratuitamente, a escola também lhes fornece alimentos durante as horas de estudo e assistência social, tais como cestos de alimentos para as famílias, e cuidados médicos e psicológicos.

A comunidade também atende às necessidades específicas da área, e é por isso que todas as quartas-feiras pelo menos 270 famílias recebem cestos de alimentos e outras necessidades básicas, tais como vestuário e medicamentos.

Anos atrás, um grande amigo, Eduardo Carlos Ferré, de Bella Vista, Buenos Aires, intitulou o seu livro sobre o compromisso social que o fundador de Schoenstatt exige do seu Movimento: O santo social.

Em Quito, santos sociais como os mostrados nesse livro, transformaram o Santuário da sua cidade num Santuário Social.

bolsas de caridad

A entrega de Novembro

Nesta “Quarta-feira Social”, os peregrinos do Santuário reuniram-se para a Santa Missa para rezar pelos mortos. E como todas as primeiras quartas-feiras do mês, 270 famílias pobres regressaram às suas casas humildes sabendo que os seus filhos não passarão fome, que há comida, vestuário e artigos de higiene pessoal que lhes permitem viver uma vida mais digna… graças aos benfeitores, graças aos santos sociais, de acordo com o coração de Jesus.

Original: castelhano (6/11/2022). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Tags : , , , , , , ,

Leave a Reply

Your email address will not be published.