Maria en salida - Confidentia

Colocado em 2021-11-21 In Campanha, Schoenstatt em saída

Quando Maria sai à rua

ARGENTINA, Maria Fischer •

Alguns param por um momento, olham e seguem o seu caminho. Outros tocam-na com devoção. Alguns fazem o sinal da cruz. A grande maioria passa sem olhar ou reparar nela. “Mas Ela olha para eles”, diz Palmira Marino, que juntamente com outras senhoras está à porta, pronta a trocar algumas palavras com as pessoas que param, convidando-as a deixar as suas intenções no cesto. Estamos a 18 de Novembro, e como todos os dias de Aliança, Maria deixa o Seu Santuário e fica na Rua Riobamba, a um quarteirão da Avenida Santa Fe, no coração do centro de Buenos Aires.

Estamos em frente de um Santuário na cidade, um Santuário que está um pouco escondido porque está dentro de uma casa – e embora haja um cartaz e uma imagem da Mãe Três Vezes Admirável ao lado da porta, muitos não sabem que, estão a passar por um Santuário e ainda menos tentam entrar. É por isso que, há quase três anos, nasceu o projecto da Mãe em saída.

Auxiliar en la calle

Estar onde Ela está e onde as pessoas estão

Cheguei às 11 e um quarto da manhã, depois de uma peregrinação a pé ao Santuário Confidentia (uma peregrinação um pouco mais longa do que o previsto, na verdade). Aqui está ela, a imagem auxiliar da Campanha, no passeio, entre restaurantes, bares, lojas, escritórios, no meio do movimento agitado e barulhento da grande cidade. Adornada com flores, um cesto para deixar as intenções, e acompanhada por pessoas empenhadas em “simplesmente estar” onde Ela está e por onde as pessoas passam.

Schoenstatteanos também passam por aqui, entre eles o Padre Tommy Nin Mitchell, Superior Regional dos Padres de Schoenstatt, juntamente com um grupo de pessoas de Mendoza.

No interior, no Santuário, há quem reze o Terço, também pelas pessoas que passam na rua e recebem – talvez sem o saber – as graças que a Mãe quer dar.

Santuario de Confidentia, 18.11.2021

Quantas histórias da vida real passam na rua

Um motorista de entregas com a sua mochila passa sem parar, e após alguns passos, olha para trás. Uma saudação, uma troca em segundos.

Homens de negócios com fatos caros, empregados de escritório, uma estudante com uniforme escolar, algumas mulheres com carrinhos de bebé, um indigente, uma senhora idosa, os empregados do restaurante vizinho…

Tantas histórias da vida real em poucas horas. A Mãe do Senhor, a Mãe de todos nós, a Mãe de todos aqueles que passam diante da Sua imagem neste 18 de Novembro, acolhe-os no Seu coração e leva-os a Jesus.

Auxiliar en la calle - Santuario Confidentia

Antes de partir, deixo os nomes de três amigos doentes no cesto. E ao caminhar para casa pelas ruas de Buenos Aires, rezo por cada um dos que encontro ao longo do caminho. Pois também eu devo e quero ser Maria em saída.

Original: espanhol (20/11/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *