Matea

Colocado em 2021-05-08 In Schoenstatt em saída

Matea capacita os jovens com competências tecnológicas

URUGUAI, Providencia/mf. •

Matea é a primeira empresa social de tecnologia de informação no Uruguai. Foi fundada pelo Centro Educativo Providencia em 2019 com a intenção de criar impacto na educação dos jovens na zona do Cerro e mudar o paradigma de sustentabilidade da organização – um modelo também adaptado pela Casa Madre de Pan, a padaria ligada à Casa Madre de Tupãrenda (CMT), que dá emprego a jovens formados e, recursos – rumo à sustentabilidade – para o projecto CMT. —

A empresa cumpre três objectivos fundamentais: alcançar a sustentabilidade  de Providencia a longo prazo através da geração dos seus próprios fundos; oferecer serviços de agência de software a pequenas e médias empresas nacionais e internacionais; e formar os jovens da zona na programação para a sua inserção no mercado de trabalho (o que tem sido chamado de Matea Academy).

“Em 2021 a Matea teve a grande alegria de expandir a sua carteira de clientes, fornecendo serviços de programação com muito boas experiências, tanto com clientes locais, como internacionais”, disse Laura Voituret, CEO de Providencia.

A Matea presta actualmente serviços de agência a empresas de desenvolvimento de software que subcontratam os seus serviços e, por outro lado, concentra-se no desenvolvimento de websites e aplicações web para clientes de diferentes zonas.

Clientes felizes

Octavio Garbarino, referente técnico da Matea, salientou os bons resultados do trabalho com os clientes, que manifestaram grande satisfação e até renovaram e recomendaram o serviço. Os clientes estão “satisfeitos com a nossa resposta, o tempo de execução, a prioridade que damos e as idas e vindas que estamos a ter“, disse ele.

Por outro lado, em 2020, a  Matea Academy realizou o primeiro curso de programação para jovens entre os 17 e os 25 anos de idade, da região. É um curso intensivo de programação em que os jovens aprendem tudo o que precisam para começarem no mundo da tecnologia. Em Março deste ano, teve início o segundo curso de programação, no qual participam praticamente 30 estudantes.

Isto motivou-me a sair da minha zona de conforto.

Os jovens dizem-nos:

A partir de Matea há um acompanhamento em busca de oportunidades de emprego para os jovenzitos que frequentam os cursos de programação e, mesmo um contacto constante uma vez que entram no mundo do trabalho, para os apoiar e orientar naquilo de que necessitam.

Falámos com Yésica, que participou no primeiro curso da  Matea Academy e hoje tem a grande alegria de fazer parte da equipa do Mythtology Labs, uma empresa dedicada ao desenvolvimento de software.

Disse-nos que a sua estadia em Matea foi um grande impulso para a sua carreira. “Ajudou-me muito, porque foi o que me motivou a sair da minha zona de conforto e a mostrar a mim própria que é possível fazê-lo”, disse ela. E acrescentou: “Estou muito grata a Matea porque aprendi  muito, eles deram-me muito para avançar”.

Leandro, também aluno do primeiro grupo da  Matea Academy e antigo aluno do Liceu Providencia, disse-nos: “Quando se consegue fazer uma página web, então percebe-se que se sabe. Isso tornou-se possível graças à Matea. Eu já tinha esta base, mas não estava seguro de mim mesmo e com Matea percebi que sim”.

Continuamos a gerar oportunidades para a educação dos jovens da zona e, assim, ser capazes de promover as suas possibilidades de desenvolvimento ao nível do trabalho. Por outro lado, estamos confiantes em fornecer soluções de qualidade às necessidades de programação que as empresas possam ter, dado o grande crescimento do sector tecnológico.

Fonte:  www.providencia.org.uy

Original: Espanhol (6/5/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *