CMT graduación

Colocado em 2021-02-22 In Casa Mãe de Tuparendá, obras de misericórdia, Projetos, Schoenstatt em saída

Uma formatura com espírito de Carnaval e em modo Covid

PARAGUAI, Casa Mãe de Tupãrenda, Ricardo Acosta

Na terça-feira, 16 de Fevereiro, três jovens formaram-se após completarem o programa do Centro Pós-Penitenciário “Casa Mãe de Tupãrenda”. Orgulhosamente, apresentaram-se para a foto do grande dia: Cesar com a sua namorada, Dário com a sua mãe e a sua namorada, e Enrique com o Padre Pedro, uma vez que Enrique não tem família…. —

 

“A Casa Mãe de Tupãrenda continua a oferecer oportunidades de aprenderem ofícios, e acima de tudo, de os conduzir a uma vida melhor e mais digna. Aqui aprendem capacidades sociais e de trabalho, e o ofício de padaria e confeitaria. Recebem apoio psicológico, social e espiritual, ajuda na superação da toxicodependência, etc. Recebem uma bolsa de estudo, um bónus financeiro, por participarem no programa e cumprirem os seus objectivos. Muitos não conseguem completar todo o programa de sete meses – caem novamente em vícios, recaem em comportamentos nocivos, etc. Mas, podemos alegremente dizer que, até à data, temos 36 formados: completaram todo o programa, aprenderam a gerir os seus conflitos e vícios, e muitos deles foram inseridos no mercado de trabalho formal. Acompanhamos os diplomados durante um ano, e podemos dizer com grande satisfação que, no final deste acompanhamento, apenas um deles foi novamente privado de liberdade”, explica o Padre Pedro Kühlcke.

Os preparativos prévios

Tal como o espírito do Carnaval, a festa de formatura para três novos jovens do programa foi o corolário de um dia memorável na Casa Mãe de Tupãrenda.

Estava um dia quente, com muita humidade, e embora seja típico do clima paraguaio, o ambiente era festivo. Entre as 10 e as 13 horas de terça-feira dia 16, iam chegando os protagonistas desta celebração: os recém-formados, Dário, Enrique e César. Vinham vestidos com as suas melhores roupas juntamente com as suas famílias, que também faziam parte deste importante processo para cada um deles.

Os participantes juntamente com os seus educadores colocaram tudo no lugar, com decorações tais como faixas, balões, entre outros. O grupo de padaria e confeitaria terminou de preparar deliciosos bolos e cupcakes para serem apreciados no final do evento.

CMT graduación

Números encorajadores

O evento começou pontualmente às 13 h e 30 com as palavras de abertura da directora, Ani Soüberlich, que agradeceu aos diplomados pela sua perseverança ao longo do caminho e os encorajou a continuarem a crescer como pessoas e a levantarem-se sempre em face de qualquer queda. Na mesma linha, o Padre Pedro comentou que se tinha encontrado com o Bispo local para renovar o seu trabalho pastoral como capelão do Centro Educativo de Itauguá (Centro Reformatório para menores = prisão juvenil). E, com grande alegria fez saber ao Bispo que já existem 36 adolescentes que completaram o programa e que estão socialmente reintegrados com muito baixa reincidência. Acrescentou ainda que conhece os três formados há já bastante tempo, noutras circunstâncias, e a sua grande alegria é vê-los concluir esta etapa em busca de um futuro melhor, sendo um exemplo para outros adolescentes que estão a iniciar o programa.

Assegurar a abertura

Após o duro golpe na economia devido à pandemia e à falta de apoio estatal, os membros da direcção da Fundaprova tiveram de “fazer malabarismos” para não fechar a Casa. Para assegurar a continuidade do programa, a Fundação fez alguns ajustamentos tanto na duração do programa para os participantes como para o seu pessoal. O dilema habitual: a falta de recursos económicos. Mas a Mãe  nunca se deixasse vencer em generosidade, nem alguns benfeitores, e até agora tem sido capaz de sobreviver com todas as suas forças e com a expectativa de que o Estado desembolsará fundos para reduzir o défice orçamental que a CMT ainda tem.

CMT

Quarta-Feira de Cinzas

O testemunho que vale a pena

Foi vivido um momento emocionante quando os diplomados e as suas famílias expressaram os seus testemunhos sobre os grandes desafios que, tinham enfrentado e a importância do apoio incondicional que brindaram uns aos outros. Expressaram a sua gratidão pela oportunidade que receberam da Fundação e encorajaram os presentes a não desistir perante as dificuldades “externas”, que sempre encontrarão, mas a única opção é levantar-se e continuar.

Uma Quaresma para transformar

Esta auspiciosa época quaresmal é também celebrada no CMT, com todos os participantes e o pessoal. O programa que procura transformar vidas, apela também a uma introspecção da própria vida, para fortalecer o aspecto espiritual que é fundamental no indivíduo, no processo de encorajar e tornar transparente a bondade de Cristo, modelo do Homem Novo.

CMT cuaresma

Página oficial

Todos os artigos da Casa Mãe de Tupãrenda

Donativos
Conta bancária no Paraguai
Banco Familiar
SWIFT FAMIPYPAXXX
Conta corrente 50 00408672
Em nome de: FUNDAPROVA
RUC 80079669-1

Conta bancária na Alemanha
Nome: Schönstatt-Patres International e. V.
IBAN: DE91 4006 0265 0003 1616 26
BIC/SWIFT: GENODEM1DKM
Ao cuidado de: Pe. Pedro Kühlcke, Casa Madre de Tupãrenda

Original: Espanhol (18/2/2021). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *