Casa Madre de Tuparenda graduación

Colocado em 2020-11-30 In Casa Mãe de Tuparendá, obras de misericórdia, Projetos, Schoenstatt em saída

O ensinamento que nos deixa Juan Miguel: crer é poder

PARAGUAI, Casa Mãe de Tupãrenda, Ricardo Acosta •

No passado dia 24 de Novembro, o último adolescente que passou pelo duro choque da pandemia quando tudo estava incerto e paralisado, graduou-se. O seu nome é Juan Miguel, um jovem com forte e dolorosa experiência familiar e de vida, que, aprendeu a sobreviver desde tenra idade quando mais precisava de um abraço de mãe/ pai e da brisa suave do lar. É um jovem que enfrentou inúmeros desafios e, apesar do facto de em muitos deles ter sofrido quedas ou derrotas, soube erguer-se e avançar. —

O segredo da vida são os pequenos momentos, aqueles bons e maus momentos que nos ajudam a crescer no caminho da vida. Por vezes, o tempo e as circunstâncias exigem que demos passos gigantescos, que talvez não se tivesse tido em conta anteriormente, mas Deus escreve direito por linhas tortas, diz o ditado. Este ano memorável foi carregado de momentos muito significativos, eventos inimagináveis como a pandemia de Covid-19 e, por trás dela, uma série de situações incertas e, talvez, totalmente fora do plano que se teria considerado. O programa pós-penitenciário “Casa Mãe de Tupãrenda” teve os seus achaques e várias medidas a enfrentar a fim de permanecer aberto e dar oportunidades a muitos adolescentes necessitados.

Casa Madre de Tuparenda graduación

Com o Pe. Pedro Kühlcke

Adivinhem com que imagem fico

“Algumas imagens que tenho do Juan Miguel desde que o conheço: uma longa e intensa conversa nas escadas do Centro Educativo de Itauguá; cruzo-me com um rosto familiar no corredor de Tacumbu (penitenciária adulta)” comentou o Padre Pedro Kühlcke entre as suas anedotas: “mas é a primeira vez que o vejo [Juan Miguel] vestido assim, tão elegante, e adivinhem com que imagem fico…

Cada um dos educadores realizou esta mesma dinâmica, recordando momentos importantes na vida do graduado, os pequenos passos dados para alcançar o objectivo ou para concluir uma etapa e iniciar outra. Cada um dos educadores realizou esta mesma dinâmica, recordando momentos importantes na vida do graduado, os pequenos passos dados para alcançar o objectivo ou para concluir uma etapa e iniciar outra. É como o barro do artesão, que após formar a imagem (por exemplo, um recipiente), deve ser deixado a secar e finalmente pintado. Penso que é uma imagem ilustrativa desse milagre que se testemunha neste lugar, o barro que toma forma e ao qual se consegue dar a sua forma, única e singular, para encontrar o seu ponto exacto.

Casa Madre de Tuparenda

A graduação é sempre uma festa na Casa Mãe de Tupãrenda

Talhas com fendas

Recebemos muitas vezes recipientes com tantas fendas, fendas que, algumas podem ser reparadas e outras com danos irreversíveis devido ao uso excessivo de drogas. Consideramos o passado de cada pessoa como um factor importante na construção da mesma, mas o presente predispõe o futuro de uma certa forma e o que é essencial para a mudança tem a ver com o poder da vontade de quem o quer. Claro que, o que foi feito não pode ser mudado, mas é preciso ser protagonista da própria mudança e, esta predisposição do adolescente é dirigida pelo programa, através do director, dos educadores e do próprio Padre Pedro, quem diariamente se predispõe a acompanhar e a dialogar pessoalmente com cada participante.

Con la novia embarazada

Com a noiva grávida

Pai dentro de alguns meses

O novo graduado já está a trabalhar num supermercado na área da padaria e completou, com sucesso, a sua experiência de trabalho. Para além destas conquistas pessoais, tornar-se-á pai dentro de alguns meses, para formar a sua ansiada família.

As suas palavras foram de gratidão e reconhecimento à sua companheira, aos seus familiares e à oportunidade recebida pelo programa. Também mencionou as dificuldades por que passou e as inúmeras vezes que pensou em desistir, mas o melhor de tudo é que nunca se sentiu só e que isso o ajudou a alcançar o objectivo.

Lourdes Palacios comenta: “Grato pela oportunidade, disse aos seus colegas de turma que não era fácil para ele estar no programa, que chegou uma altura em que ele queria desistir e render-se, mas a sua fé em Deus e o seu desejo de avançar fizeram-no ver que “nada é impossível ou muito difícil”, que apesar dos desafios que a vida te coloca, nunca deves desistir. Hoje em dia, tudo o que experimentou na CMT continua a ser uma anedota agradável, tudo o que antes era difícil ou antipático, agora ele compreende que tinha uma razão de ser. Ele também está grato à família que o acolheu e o apoia nestes momentos, ao seu sogro e à sua sogra que Deus colocou no seu caminho para o ajudar, à sua segunda família, como ele lhes chama, e juntamente com Andrea, a sua namorada, esperam ser pais em breve, mais um motivo para lutar dia após dia, para poderem dar ao filho uma vida melhor”.

Palavras de Juan Miguel:

“Gostaria de agradecer a todo o grupo da CMT, por me ajudarem, à professora Lourdes, ao padre Pedro, à psicóloga Minerva, à Alicia, à professora Rossy, ao Victor, agradeço-vos certamente porque, graças a vós, compreendi muitas coisas e consegui endireitar o meu caminho. A luta que tive em todo este tempo custou certamente, mas nada é difícil companheiros , sim, quis desistir muitas vezes, o famoso:

pe jajeja`o umia ndaigustoí ñandeve mba`eve (não gostamos de ser retidos)

o jajapo vaí la cosa ha jajeja`o ha upea ñande culpande (eles desafiam-nos pelas coisas que fazemos mal e não gostamos disso, mas a culpa já não é nossa).

Camaradas, temos realmente de depositar a nossa confiança em Deus e seguir em frente e, certamente nada é difícil, camaradas, nada é difícil”.

Rumo à sustentabilidade do programa

Quando o que está no coração do Homem está em sintonia com o plano de Deus, merece ser ouvido e, considerado uma missão de vida. No ano 2013, o Padre Pedro iniciou a Pastoral Prisional com outros voluntários, ninguém podia imaginar que, por detrás disto, em 2016, seria criada uma Casa onde, ao deixarem o Centro Educativo, os adolescentes pudessem aprender ofícios, desenvolver as suas competências e melhorar a sua qualidade de vida. Este ano, 2020, não foi de todo negativo, porque apesar do duro golpe da pandemia, foi criada a Padaria. “Emprendimiento Mãe de Tupãrenda”, no qual com muitos desafios se está a instalar dentro do sector como uma marca de qualidade, calorosa e, sobretudo, uma marca que quer ser apoio financeiro do programa que ajuda a salvar tantas vidas e famílias. Neste momento, estamos a receber encomendas dos melhores pães doces e produtos secos que se pode experimentar. Se quiser ajudar esta nobre causa, não hesite em contactar-nos.

Finalmente, não podíamos esquecer os nossos grandes benfeitores, que, na maioria dos casos, a partir do anonimato, nos permitem continuar a remar. Só Deus e a Mãe saberão recompensar a cem por cento a sua generosidade.

Casa Madre de Tuparenda

Página oficial

Todos os artigos da Casa Mãe de Tupãrenda

<strong>Doações</strong>
Conta bancária no Paraguai
Banco Familiar
SWIFT FAMIPYPAXXX
Conta corrente 50 00408672
Em nome de: FUNDAPROVA RUC 80079669-1

Conta bancária na Alemanha 
Nome: Schönstatt-Patres International e. V.
IBAN: DE91 4006 0265 0003 1616 26
BIC/SWIFT: GENODEM1DKM
Ao cuidado de: Pe. Pedro Kühlcke, Casa Madre de Tupãrenda

Ser um educador na CMT: a história de um valente em seus 9 meses de programa

Original: Espanhol (27/11/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *