Colocado em 2020-02-29 In obras de misericórdia, Projetos, Schoenstatt em saída

Actividades estivais para crianças e jovens em Maria Ayuda

CHILE, redacção com material de Maria Ayuda, e https://horadenoticias.cl/ •

As residências de Maria Ayuda continuam até ao final de Fevereiro com várias actividades para as suas crianças e adolescentes: passeios à praia, oficinas e uma terapia com cavalos, farão parte delas nestes dias que restam do Verão.—

As actividades de verão ainda não terminaram para as crianças e adolescentes dos lares pertencentes a Maria Ayuda. Vários workshops, actividades recreativas, desportivas e passeios têm feito parte da programação do Verão 2020, enchendo-os de alegria, convívio e preparando-os para viverem o resto do ano da melhor forma possível.

Algumas das actividades previstas até ao final de Fevereiro vão desde passeios à praia – alguns apenas durante o dia e outros com uma semana de estadia – a actividades desportivas, passeios a centros recreativos e piscinas municipais.

Oficinas de dança e aguarela

Na residência infantil “Acógeme”, têm uma oficina de aquarela e uma oficina de dança duas vezes por semana, indo os meninos à residência das meninas em Santiago e para fazerem estas actividades juntos.

Além disso, está a ser organizada uma “terapia equina” para crianças e adolescentes, o que significaria uma ligação muito importante com o meio ambiente e geraria um grande espaço de estimulação para eles.

No que diz respeito ao regresso às aulas, muitas residências estão a iniciar os preparativos durante este mês de Fevereiro, para estarem prontas e preparadas para a chegada do mês de Março. A compra de suprimentos e uniformes, com a ajuda do dinheiro arrecadado através da campanha escolar e o planeamento de voluntários que os apoiam ao longo do ano, já estão na agenda.

Pela primeira vez no mar

As meninas da Residência Catarina Kentenich (colaboradora do Serviço Nacional para Menores “SENAME”) viveram com alegria a viagem, em comunidade, a Pichilemu, a capital do surf. Alguns deles tiveram a oportunidade de ver o mar pela primeira vez, como se pôde ler há alguns dias no jornal regional “Hora de Noticias” (ES).

 

Como parte das actividades de verão, foi realizada uma “Viagem Comunitária” de seis dias, em que as crianças foram acompanhadas por cinco educadores, um terapeuta ocupacional, um psicólogo e o Director da residência.

Nesta ocasião, foram alugadas três cabines totalmente equipadas, com o objectivo de garantir o maior conforto para todos e assim desfrutarem de actividades ao ar livre, praias e tudo o que o conhecido centro turístico da Região de O’Higgins tem para oferecer.

Daniela Fariña, directora da residência, explicou que “os espaços de recreação e lazer para as meninas são fundamentais nos processos de intervenção e reparação, já que podem experimentar novas experiências que lhes permitem vislumbrar que a vida pode ser diferente”. O simples facto de conhecerem o mar e dizerem às suas famílias como ele é, sem dúvida, marca um antes e um depois na vida de cada uma delas”.

Por sua vez, a directora regional do SENAME, Jessica Ponce, destacou a gestão e apontou que “como qualquer família no verão, a equipa da residência coordenou esta viagem, o que demonstra o empenho dos profissionais e educadores”. Estão sempre em busca de opções que vão para além do simples entretenimento, tendo como foco principal a restituição dos direitos das crianças”.

Foto acima: Praia de Pichilemu, Chile iStock Getty Images ID:638204126, livrepartida

Original: espanhol (23/2/2020). Tradução: Lena Castro Valente, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *