Colocado em 16. Abril 2019 In Missões, Schoenstatt em saída

CARITAS 2019 – peregrinação aos corações de Austin

USA, Zachary E. Larson •

CARITAS é uma missão de 5 dias, realizada anualmente por Schoenstatt em Austin, no Texas. A missão começou em 2013, convidando estudantes universitários a servir a sua cidade. Os missionários realizam tarefas de voluntariado com organizações de caridade durante o dia, e recebem formação espiritual à noite, construindo comunidade ao longo da semana. Thomas Quintero e Alexander Chunda, do Grupo de Vida “Cavaleiros da Nossa Rainha”, chefiaram a missão CARITAS 2019. Zachary Larson entrevistou-os e dá-nos o seu testemunho.—

O impacto da Jornada Mundial da Juventude

“CARITAS é uma missão em Austin no Texas, inspirada em missões noutros países”, disse Thomas. “Queríamos levar esse espírito missionário para os EUA e encontrar pessoas com necessidades reais. A missão CARITAS significa “católicos que respondem ao convite do Redentor para a autêntica santidade”.

“O nosso ramo de homens da Universidade de Schoenstatt foi para a Jornada Mundial da Juventude e Ignis, onde ouvimos o apelo do Papa para sermos o “agora da Igreja”, disse Thomas. Este convite interpela os jovens católicos a atuar hoje na sua comunidade. “Incorporamos esse apelo na missão CARITAS 2019.”

Alexander explicou como: “O nosso tema deste ano foi ‘Peregrinação aos Corações de Austin’. Nós olhamos para os sinais dos tempos, especialmente a crise atual da Igreja, e queríamos fazer a nossa parte na renovação da Igreja”. A peregrinação, para Alexander, significa um “profundo sentido de encontro”. Os missionários fizeram uma peregrinação para encontrar Cristo na “face misteriosa daqueles a quem servimos”, disse ele. “Em peregrinação, normalmente encontramos Deus num local religioso, agora encontramos Deus nas pessoas a quem servimos”.

 

Sujar as mãos com alguém facilita a comunicação

“Como as cabeças, Chuy [Alexander] e eu trabalhamos bem juntos”, disse Thomas. “A nossa tarefa número um era enraizar o tema em nós e nos outros chefes. É importante salvaguardar o significado do tema à medida que vamos em missão. ”

Alexander acrescentou: “Thomas e eu conseguimos isso através das nossas palestras, e os conferencistas desenvolveram-no ao longo da semana com os temas de formação.” O outro papel de Thomas e Alexander como líderes é o de “figuras paternais”. Assegurarmos que ninguém se sinta isolado ou sozinho e mantermos todos juntos. ”

A missão CARITAS tem impacto em Austin de uma maneira poderosa, dando um testemunho do amor e da misericórdia de Cristo para os necessitados. “Estamos destinados a ser emissores ou a ser faróis de esperança para as pessoas que não o experimentaram”, disse Thomas. O objetico da missão também se estende aos missionários. “Interpela cada um a viver a sua fé católica, a mostrar a todos que é possível viver a sua espiritualidade de uma maneira palpável”.

“A espiritualidade atingiu realmente a todos”, acrescentou Alexander. “As pessoas têm a oportunidade de orar em adoração, as pessoas estiveram a sentir e a observar isso enquanto saíam e serviam”.

A missão CARITAS é conhecida pela sua atmosfera comunitária tanto pelo serviço como pela espiritualidade. Sobre isso, Thomas disse: “É sempre uma experiência diferente trabalhar com alguém. Sujar as mãos com alguém facilita a comunicação. Perder tempo, como diz o Papa Francisco, é tão importante para a construção de famílias e de comunidades”.

 

Crescimento

Quando interpelado sobre como essa experiência afetou a sua própria vida espiritual, Alex respondeu: “Eu tinha que estar orientado para o serviço para que os missionários pudessem servir e estar em contato com as necessidades dos outros. Este foi um ato de auto-educação: esquecer-me de mim próprio e estar mais preocupado com as outras pessoas. Fiquei emocionado ao ver a maneira como o trabalho transforma a vida das pessoas. ”

Quando lhe foi feita a mesma pergunta, Thomas respondeu: “Eu gosto de diminuir o zoom no final da missão CARITAS e ver até onde as pessoas cresceram. Ver o crescimento do Movimento de Schoenstatt de Austin através da juventude fez-me sentir mais confiante na Mãe Santíssima e na sua capacidade de transformar em graças tudo o que lhe oferecemos. Eu também me tenho sentido muito mais calmo e confiante em como as coisas funcionam com ela, e muito menos preocupado com a minha própria missão.”

 

A fé não se torna real até você sair e agir

O que Thomas quer dizer aos Schoenstateanos de todo o mundo?

“A Mãe Santíssima é o agricultor a lançar as sementes, ela cultiva a vida e alimenta a sua família, cuida dos seus filhos. Ela está presente conosco e ajuda-nos a unirmo-nos a todos os outros pelo mundo. A missão CARITAS mostra-nos como somos unidos como um movimento e como o amor e o abraço dela nos unem. ”

E Alex?

“A fé não se torna sensível até você sair e agir de acordo. As graças de Schoenstatt: acolhimento, transformação interior, zelo apostólico – não podemos experimentar plenamente Schoenstatt e a fé católica até sairmos! ”

 

Original: Inglês,  08.04.2019. Tradução: José Carlos A. Cravo, Lisboa, Portugal

 

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *