Colocado em 21. Janeiro 2017 In Projetos, Schoenstatt em saída

Trazendo a luz do amor e da alegria de Cristo àqueles que estão na escuridão

PARAGUAY, Ani Souberlich e Maria Fischer

“Obrigado, Pe. Pedro Kühlcke, por ser o melhor instrumento da Santíssima Mãe aproximando-nos daqueles que mais precisam de nós. Sem dúvida foi uma das minhas melhores vésperas de Natal na companhia dos voluntários do Ministério Prisional”, comentou Cristy, que passou a tarde de Natal no centro de detenção com a equipa do ministério e outros voluntários. Eles deram comida, tempo, interesse, abraços e carinho a mais de 200 jovens, que estavam passando o Natal na prisão em vez de com as suas famílias.

161228-navidad-carcelaria-41

Equipo de la Pastoral “Visitación de María”

Um prato de comida como um presente para Jesus

“O Natal está chegando! O aniversário de Jesus! Se ele fosse um bom amigo seu, você não aceitaria um presente para ele? Às vezes é difícil decidir o que dar a um amigo. Eu proponho um presente: Jesus adoraria que você desse um prato de comida a um menor privado da sua liberdade, ou melhor ainda, qualquer número de pratos que você queira e seja capaz de fornecer. O Ministério Prisional, a Visita de Maria, liderada pelo Pe. Pedro Kühlcke queriam jantar no Natal com eles, e para isso acontecer, precisávamos de 200 pratos de comida, o que teria sido impossível sem a sua ajuda. Este é o terceiro ano que o fizemos, graças ao generoso apoio de pessoas como você. Custa 30 mil guaranis por prato (um pouco mais de US $ 5,00 dólares americanos) e que inclui uma bebida. Isto é o que pedimos porque queremos que todos tenham a mesma comida e apresentação”- este foi o convite lançado no último dia do Advento através das redes sociais (o que prova mais uma vez que as redes sociais como tal não são um problema, o problema está no modo como são usadas).

161228-navidad-carcelaria-39

O melhor natal da minha vida

“Eu ouso relatar um testemunho, disse o Pe. Pedro Kühlcke. Um rapaz aproximou-se dele e agradeceu-lhe o jantar de Natal, confessando com lágrimas nos olhos que era o melhor Natal da sua vida, porque nunca tinham preparado uma mesa com um prato de comida cozinhada para ele. Bem desse jeito! É tão fácil fazer alguém feliz; Mais importante ainda, cumprindo as palavras do Senhor: “Eu era um prisioneiro e você me visitou”, dando assim algo a esses meninos, que estão completamente desprovidos de afeição e de tudo o que um ser humano merece, e é talvez a razão pela qual ele está onde está. Inspirado pelas leituras do Advento sobre isto: Podemos no meio do deserto das nossas vidas, podemos nós desenvolver um ramo, uma flor, que seja a generosidade e o amor ao próximo.

161228-navidad-carcelaria-30

Refeição de Natal em três turnos

O objetivo foi alcançado e foi mesmo ultrapassado. Às 3:00 horas da tarde, todos os voluntários do grupo do ministério prisional e um grupo que levava pão doce e outros doces para os meninos estavam prontos. As saladas foram feitas antes em casa da Ismelda e as sobremesas foram doadas.

A refeição foi servida em três turnos. Tudo foi para os jovens que ficam atrás das grades. Eles estavam felizes, mas também havia muitas lágrimas. Era necessário dar ainda mais abraços do que aqueles das visitas habituais. Tanta tristeza, tanto desejo de uma família… Foi o terceiro Natal no centro de detenção, mas o primeiro onde os jovens expressaram verbalmente a sua gratidão. Um de cada grupo levantou-se para agradecer em nome do grupo. Um deles até deu ação de graças antes da refeição.

Eles expressaram gratidão por todas as coisas deliciosas que foram trazidas, e eles disseram que nunca tinham comido nada tão delicioso, mas o que eles comentaram sobretudo foi como eles estavam felizes por os termos visitado neste dia especial deixando as nossas famílias para vir ao Centro de detenção. Eles ficaram muito gratos por isso. Era evidente que precisavam desse carinho, mais que nunca desse abraço.

O Pe. Pedro Kühlcke e um grupo do ministério prisional não só visitaram os jovens no centro de detenção na véspera de Natal, como também os visitam todos os sábados. Muitas vezes o Pe. Pedro vai durante a semana para ouvir confissões e consolar; Prepara-os para os sacramentos, fornece-lhes comida, dá-lhes roupas, sapatos ou mostra uma foto que foi tirada na visita anterior, para que eles se sintam como pessoas importantes e conhecidas.

161228-navidad-carcelaria-46

Se quiser, pode fazer parte desta grande obra de misericórdia, sem visitar o centro de detenção. Através da sua doação, não importa quão pequena, você pode fazer um sorriso num menino jovem e até mesmo fazê-lo sonhar com um futuro melhor.

Este novo sistema de doação on-line ainda é beta. É uma iniciativa de solidariedade para angariar fundos para os Projetos de Schoenstatt. Por enquanto, o PayPal está disponível (em todo o mundo), bem como duas opções de transferência bancária on-line gratuita (apenas na Europa). Em breve as doações via cartão de crédito serão adicionados. O idioma do formulário de doação é espanhol (isso é simplesmente por razões de custo), mas é auto-explicativo.

161228-navidad-carcelaria-21

Original: Espanhol. Tradução: José Carlos A. Cravo, Lisboa, Portugal

Etiquetas: , , , , , , , ,